Meteorologia

  • 05 OUTUBRO 2022
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 30º

Polícia inventa morte de namorada com cancro para ter dias de folga

O oficial estudante Harry Sarkar disse à polícia de West Midlands que a sua namorada tinha morrido de cancro para poder ter uma folga, mas depressa se revelou que ela nunca tinha existido.

Polícia inventa morte de namorada com cancro para ter dias de folga
Notícias ao Minuto

21:28 - 11/08/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Reino Unido

Um polícia britânico inventou ter namorada, deu-lhe um falso diagnóstico de cancro terminal e, finalmente, inventou que esta tinha morrido, para poder ter folgas. 

O oficial estudante Harry Sarkar demitiu-se antes de poder ser responsabilizado. Foi condenado pelo seu comportamento, avança o The Guardian. 

O agente estudante demitiu-se em março e não compareceu à audiência de má conduta rápida de quinta-feira. O chefe da polícia, David Thompson, disse que se Sarkar não tivesse saído por sua própria vontade, teria sido despedido sem aviso prévio por má conduta grave.

A força de segurança disse que entre outubro de 2020 e junho de 2021 Sarkar "manteve um tecido detalhado de mentiras aos colegas e supervisores sobre uma namorada falsa, a sua doença falsa, a sua morte falsa, e o subsequente funeral falso".

Os chefes de Sarkar assinaram-lhe uma licença por doença e deram-lhe múltiplos benefícios que a PA Media relatou incluir três dias de licença por luto e horários de trabalho flexíveis.

O jovem nunca mais poderá ser polícia, foi decidido em tribunal. 

Leia Também: Reino Unido. Vila tem de usar água engarrafada após corte devido à seca

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório