Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 27º

AO MINUTO: Relatório leva a demissão na Amnistia; Zelensky contra-ataca

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia.

AO MINUTO: Relatório leva a demissão na Amnistia; Zelensky contra-ataca
Notícias ao Minuto

07:48 - 05/08/22 por Notícias ao Minuto

Ao Minuto Mundo Ucrânia/Rússia

Assinala-se hoje o 163.º dia de guerra com a partida de mais três barcos de exportação de cereais prevista para esta sexta-feira.

O dia de ontem fica marcado pelas críticas lançadas por parte da Amnistia Internacional, que alertou que as forças ucranianas põem em perigo a população civil quando estabelecem bases militares em zonas residenciais.

Sobre este alerta o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, diz que a Amnistia está a tentar desculpabilizar a Rússia e a “transferir a responsabilidade do agressor para a vítima”.

Fim da cobertura

Marta Ferreira | há 2 dias

Encerramos aqui a cobertura ao MINUTO dos desenvolvimentos da guerra na Ucrânia. Retomaremos amanhã de manhã.

Kharkiv bombardeada. "Ouviram-se sons de explosões"

Marta Ferreira | há 2 dias

A cidade de Kharkiv está a ser bombardeada, de acordo com o presidente da câmara, Ihor Terekhov.

"Ouviram-se sons de explosões. Eles [russos] dirigiram-se anteriormente para o distrito de Slobid. Os socorristas já estão lá. Até agora não há informações sobre as vítimas", disse o autarca, segundo cita o Ukrainska Pravda.

Putin e Erdogan decidem reforçar cooperação económica e energética

Marta Ferreira | há 2 dias

O Presidente russo, Vladimir Putin, e o seu homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan, decidiram hoje reforçar a cooperação energética e económica, após um encontro em Sochi, na Rússia, nas margens do Mar Negro, informou o Kremlin em comunicado.

Os dois líderes concordaram em "fortalecer o comércio" entre os seus países e "corresponder às expectativas mútuas no campo da economia e da energia", de acordo com o comunicado conjunto de Putin e Erdogan, emitido pelo Kremlin.

Zelensky retira mais de 220 passaportes diplomáticos por uso abusivo

Marta Ferreira | há 2 dias

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, retirou mais de 220 passaportes diplomáticos, incluindo os de vários parlamentares, por os seus titulares terem saído do país depois da invasão pela tropa da Federação Russa.

Segundo a agência noticiosa ucraniana UNIAN, esta medida foi tomada depois de alguns dos titulares destes passaportes se terem escudado em viagens oficiais pata saírem do país, às vezes para simples atividades de lazer e recreio.

Rússia proíbe entrada a políticos, militares e padres canadianos

Marta Ferreira | há 2 dias

A Rússia proibiu a entrada no seu território a 62 canadianos, incluindo a figuras políticas e militares, padres e jornalistas, em resposta às recentes sanções do Canadá contra autoridades russas, revelou esta sexta-feira Moscovo.

A decisão foi tomada "tendo em vista a natureza particularmente hostil do regime do primeiro-ministro [do Canadá] Justin Trudeau" e em resposta a ações destinadas a "insultar não apenas o povo multinacional e multirreligioso da Rússia, mas também os crentes ortodoxos em redor do mundo", sublinhou o Ministério dos Negócios Estrangeiros em comunicado.


 

Zelensky contra-ataca após acusações da Rússia sobre Zaporizhzhia

Marta Ferreira | há 2 dias

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, contra-atacou as acusações da Rússia de que a Ucrânia tinha atacado a central nuclear de Zaporizhzhia, controlada atualmente por russos.

"Hoje, os ocupantes criaram outra situação extremamente arriscada para todos na Europa – atacaram a central nuclear de Zaporizhzhia, duas vezes num dia”, disse Zelensky na sua mensagem de vídeo diária.

"Esta é a maior central nuclear do nosso continente. E qualquer bombardeamento nesta instalação é um crime aberto e descarado, um ato de terrorismo", acrescentou. 

Refira-se que o ministro da defesa russo negou as acusações por parte da empresa que opera a central nuclear. 

Rússia acusa Ucrânia de ataque a central nuclear, mas Energoatom desmente

Empresa que opera a central de Zaporizhzhia acusa os russos de encenarem ataque.

Notícias ao Minuto | 16:52 - 05/08/2022

Relatório que gerou críticas de Kyiv leva a demissão na Amnistia

Marta Ferreira | há 2 dias

O relatório da Amnistia Internacional, que gerou duras críticas por parte de Kyiv, levou esta sexta-feira à demissão de Oksana Pokalchuk, diretora executiva da Amnistia Internacional da Ucrânia

Num comunicado publicado no Facebook, Pokalchuk alega que tentou dissuadir a organização de publicar o relatório tal como estava. 

Central nuclear: "Risco de fuga de hidrogénio e pulverização radioativa"

Marta Ferreira | há 2 dias

A Energoatom - empresa controlada pelo Estado ucraniano que opera a central nuclear de Zaporizhzhia - alerta que "há risco de fuga de hidrogénio e pulverização radioativa" e "o risco de incêndio é alto". 

De acordo com a empresa, foram registados três ataques no local da central, junto a um dos blocos de energia onde está localizado o reator nuclear. 

Recorde-se que a central nuclear de Zaporizhzhia foi hoje fortemente atacada. Os russos dizem que o ataque teve 'mão' ucraniana, já os ucranianos acusam a Rússia de encenar o ataque em jeito de "provocação".

 

Ucrânia pode começar a exportar trigo colhido este ano em setembro

Marta Ferreira | há 2 dias

A Ucrânia pode começar a exportar o trigo colhido este ano a partir de setembro, graças ao acordo que teve interferência da Turquia e permitiu a exportação de cereais.

O anúncio foi feito pelo o vice-ministro da Agricultura do país, Taras Vysotskiy, que acrescentou que a Ucrânia ambiciona aumentar as suas exportações ao longo do próximo mês.

Este volume de exportação permitirá que a Ucrânia receba fundos suficientes para que não precise reduzir os planos para semear.

Ucrânia prevê exportar de 3 a 5 milhões de toneladas de cereais por mês

Marta Ferreira | há 2 dias

O ministro da Agricultura ucraniano, Mykola Solskyi, assumiu esta sexta-feira que a Ucrânia prevê exportar entre 3 a 5 milhões de toneladas de cereais por mês se o acordo atual se mantiver.

Segundo o ministro, citado pela CNN,  será "possível" descarregar o armazenamento de grãos da Ucrânia se os portos do Mar Negro funcionarem a pelo menos metade da capacidade. 

Amnistia mantém opinião de que Ucrânia está a colocar civis em perigo

Marta Ferreira | há 2 dias

A Amnistia Internacional disse que mantém a posição de que a Ucrânia está a colocar civis em perigo ao criar bases militares em áreas residenciais para combater as forças russas.

A acusação surge na sequência de um relatório do grupo de direitos humanos que desencadeou uma resposta furiosa de Kyiv.

Putin proíbe aos investidores "hostis" operações com ativos estratégicos

Marta Ferreira | há 2 dias

O Presidente russo, Vladimir Putin, proibiu hoje por decreto aos investidores de países considerados hostis" à Rússia, e até ao final do ano, qualquer tipo de operações com as suas participações em empresas estratégicas.

O decerto, que abrange em particular os setores da energia e da banca do país, precisa que a proibição, tanto para personalidades jurídicas como físicas, estende-se a todas as empresas estratégicas e sociedades anónimas, e suas filiais, e ainda aos projetos gasíferos Sajalin e petrolífero Jariaga, respetivamente no Extremo oriente e noroeste da Sibéria.

UE adota formalmente meta para redução do consumo de gás até à primavera

Marta Ferreira | há 2 dias

O Conselho da União Europeia (UE) adotou hoje formalmente a meta para reduzir 15% do consumo de gás até à primavera, pelo receio de rutura no fornecimento russo, que prevê derrogações e isenções para países como Portugal.

Aprovado por maioria qualificada, com o voto favorável de 25 Estados-membros e os votos contra de Polónia e Hungria, o regulamento "será publicado em Jornal Oficial no início da próxima semana e entrará em vigor no dia seguinte à publicação", informou hoje a presidência checa do Conselho da UE na sua conta oficial na rede social Twitter, tendo fontes europeias precisado que a publicação deverá ocorrer na segunda-feira, entrando assim em vigor na terça-feira, 9 de agosto.

Putin agradece à Turquia por acordo que retomou exportação de cereais

Marta Ferreira | há 2 dias

O Presidente russo, Vladimir Putin, agradeceu hoje ao seu homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan, o papel que teve na assinatura do acordo para a exportação de cereais ucranianos e de alimentos e fertilizantes russos.

"Com a sua participação direta e com a mediação do secretariado da ONU, o problema relacionado com o fornecimento de cereais ucranianos dos portos do Mar Negro foi resolvido", disse Putin no início da reunião dos dois presidentes, na região russa de Sochi.

 

Rússia acusa Ucrânia de ataque a central nuclear, mas Energoatom desmente

Marta Ferreira | há 2 dias

A administração russa instalada na cidade ocupada de Energodar acusou a Ucrânia de ter bombardeado a central nuclear de Zaporizhzhia, controlada pela Rússia.

"Hoje, durante a mudança de turno dos trabalhadores da central, por volta das 15h00, unidades nacionalistas dispararam sobre a zona da central a partir do território controlado pelo regime ucraniano", referem as forças invasoras acrescentando que o ataque provocou um incêndio na central e cortou duas linhas de abastecimento de energia necessárias ao seu funcionamento.

Por outro lado, a Energoatom, empresa que opera a central nuclear, afirma que o ataque foi lançado por um bombardeamento russo e acusa Moscovo de "provocação", através de uma mensagem partilhada no Telegram.

Mykolaiv sob violento ataque em zonas residenciais. Pelo menos 10 feridos

Marta Ferreira | há 2 dias

A cidade de Mykolaiv está hoje a ser alvo de forte bombardeamento, em particular junto ao porto do rio Dnipro.

O ataque, segundo o presidente da câmara da cidade, está a acontecer em zonas residenciais. 

"A área afetada é muito grande. Casas particulares e arranha-céus foram afetados. Há incêndios, destruição significativa e vítimas", explicou Oleksandr Sienkevych.

Vitalii Kim, oficial militar da região de Mykolaiv afirma que há pelo menos 10 pessoas feridas e também possíveis vítimas mortais. 

Um dos principais especialistas russos em mísseis hipersónicos foi preso

Beatriz Cavaca | há 2 dias

Um dos principais especialistas russos em mísseis hipersônicos foi preso por suspeita de traição, segundo informa a agência de notícias estatal TASS, esta sexta-feira.

O seu nome é Andrei Shiplyuk e era o chefe do laboratório de hipersónicos do Instituto de Mecânica Teórica e Aplicada de Novosibirsk e nos últimos anos coordenou pesquisas para apoiar o desenvolvimento de sistemas de mísseis hipersónicos, segundo avança a Reuters.

Rússia proíbe venda de ações a investidores de 'países hostis'

Beatriz Cavaca | há 2 dias

A Rússia proibiu investidores vindos dos chamados 'países hostis' de vender ações em certas empresas estratégicas até o final do ano, segundo um decreto presidencial assinado por Vladimir Putin, esta sexta-feira e citado pelo jornal The Guardian.

A proibição também se aplica a participações no desenvolvimento de petróleo e gás Sakhalin-1 no Extremo Oriente da Rússia, relata segunda a agência Reuters.

Óleos e cereais 'ajudam'. Índice de preços de alimentos cai 8,6% em julho

Beatriz Cavaca | há 2 dias

O índice de preços dos alimentos da FAO desceu para 140,9 pontos em julho, menos 8,6% do que em junho, graças principalmente a uma redução dos preços dos óleos vegetais e dos cereais, foi hoje anunciado.

Países da UE, entre os quais Portugal, já receberam mil feridos

Beatriz Cavaca | há 2 dias

A União Europeia já coordenou com sucesso cerca de mil evacuações médicas de feridos da guerra na Ucrânia, transferidos para hospitais de 18 Estados-membros, entre os quais Portugal, anunciou hoje a Comissão Europeia.

Polónia voltou a ser em junho quem mais refugiados ucranianos acolheu

Beatriz Cavaca | há 2 dias

A Polónia voltou a ser, em junho, o Estado-membro da União Europeia (UE) que acolheu mais refugiados ucranianos que fogem da invasão russa (60.125), mas o número de proteções temporárias concedidas continua a recuar, revela hoje o Eurostat.

MNE ucraniano reage às criticas da AI. Relatório é falsa "neutralidade"

Beatriz Cavaca | há 2 dias

Em resposta a uma publicação na rede social Twitter da secretária-geral da AI, Agnès Callamard, que afirma que as 'Máfias' e 'Trolls' russos e ucranianos estão a atacar "as investigações da ONG, no que chama "propaganda de guerra e desinformação" que "não mudará os fatos", Kuleba deu o seu veredito.

Na sua reação, afirma que, "aparentemente, a secretária-geral da Amnistia chama 'Máfias' e 'Trolls'" à Ucrânia, porém isso não impede que o relatório "distorça a realidade" de forma a traçar uma "falsa equivalência moral entre o agressor e a vítima", bem como a impulsionar "os esforços de desinformação da Rússia".

E termina, salientando que as afirmações da representante da ONG, bem como o relatório, representam uma "falsa 'neutralidade', não veracidade".

Barco russo em Sevastopol, na Crimea está a arder

Beatriz Cavaca | há 2 dias

De acordo com um vídeo divulgado pelo meio bielorrusso NEXTA, um barco russo está neste momento a arder na região de Sevastopol, na Crimea.

Veja aqui o vídeo:

Ucrânia afirma que mais 150 soldados russos foram mortos em 24 horas

Beatriz Cavaca | há 2 dias

O Ministério da Defesa da Ucrânia afirma que mais 150 soldados russos foram mortos nas últimas 24 horas, elevando as perdas totais de tropas da Rússia para 41.650.

Os três barcos de cereais já partiram da Ucrânia

Beatriz Cavaca | há 2 dias

Segundo a avança o jornal The Guardian dois dos navios partiram de Chornomorsk e o outro partiu da vizinha Odesa.

No total, de acordo com a agência Reuters, o conjunto de três navios que deixam hoje a Ucrânia carregam cerca de 58 mil toneladas de milho.

Mais três navios partem de Odessa com 58 mil toneladas de cereais

As autoridades ucranianas comunicaram hoje a partida do porto de Chornomorsk, na região de Odessa, de três navios com mais de 58.000 toneladas de cereais, com destino à Turquia, Reino Unido e Irlanda.

Lusa | 08:15 - 05/08/2022

A Rússia está "pronta" para discutir troca de prisioneiros

Beatriz Cavaca | há 2 dias

"Estamos prontos para discutir este assunto, mas apenas dentro da estrutura do canal de comunicação estabelecido pelos presidentes Putin e Biden", disse Sergei Lavrov em numa conferência de imprensa no Camboja.

Rússia apela a reação às "violações" dos EUA do princípio de soberania

Beatriz Cavaca | há 3 dias

"Estou convencido que a nossa parceria estratégica é um dos pilares do movimento para o triunfo do direito internacional (...) antes de mais, da Carta das Nações Unidas, que proclamou o princípio da igualdade de soberania dos Estados. Os Estados Unidos violam este princípio em todo o lado e isto exige uma reação", disse Lavrov citado pela agência de notícias Interfax.

Rússia apela a reação face às "violações" dos EUA do princípio de soberania

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo Sergey Lavrov apelou hoje a uma reação ao que chamou de violações do princípio de soberania pelos Estados Unidos, numa reunião com o homólogo chinês, Wang Yi.

Lusa | 07:27 - 05/08/2022

Inspetores verificam o navio de carga no Mar Negro

Beatriz Cavaca | há 3 dias

Uma equipa de inspetores na Turquia começou na sexta-feira a verificar um navio de carga vazio antes de partir para recolher cereais ucranianos em Chornomorsk.

Veja aqui as fotografias desse momento partilhadas pelo ministério da Defesa turco: 

Três novos carregamentos de cereais partem hoje dos portos da Ucrânia

Beatriz Cavaca | há 3 dias

Três novos barcos de transporte de cereais vão partir hoje dos portos da Ucrânia, informou na quinta-feira o ministro da Defesa da Turquia, Hulusi Akar, citado pela agência estatal de notícias do país, a Anadolu.

Para recordar...

Beatriz Cavaca | há 3 dias
  • Antigo presidente da Ucrânia e filho adicionados à lista de sanções da UE - O Conselho da União Europeia decidiu adicionar o antigo presidente da Ucrânia Viktor Yanukovych e o seu filho, Oleksandr Viktorovych Yanukovych, à lista de pessoas, entidades e organismos sujeitos a medidas restritivas devido à invasão russa à Ucrânia.
  • Pelo menos três feridos após ataques em Kharkiv - Novos ataques das forças russas em Kharkiv, esta quinta-feira, provocaram, pelo menos, três feridos, segundo revelou o governador da região, Oleh Synyehubov.
  • AI tenta “transferir a responsabilidade do agressor para a vítima” - O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, acusou, esta quinta-feira, a Amnistia Internacional (AI) de estar a tentar desculpabilizar a Rússia e a “transferir a responsabilidade do agressor para a vítima”.
  • Kyiv compromete-se a não exportar armamento fornecido pela Alemanha - A Ucrânia comprometeu-se a não exportar o armamento fornecido pela Alemanha para combater a Rússia, após a invasão de 24 de fevereiro, revelou, esta quinta-feira, o governo alemão.
  • EUA enviam 1,8 milhões de dólares à OMS para apoiar saúde na Ucrânia - Os Estados Unidos vão doar 1,8 milhões de dólares, mais de 1,7 milhões de euros, à Organização Mundial da Saúde (OMS) para apoiar os cuidados de saúde na Ucrânia.

Bom dia!

Beatriz Cavaca | há 3 dias

Damos início a mais um acompanhamento AO MINUTO de todas as incidências relacionadas com a guerra na Ucrânia. Para recordar o que de mais importante se passou na quinta-feira, clique aqui.

AO MINUTO: Ex-presidente da Ucrânia sancionado; AI desculpabiliza Rússia?

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia.

Notícias ao Minuto | 08:36 - 04/08/2022

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório