Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2022
Tempo
23º
MIN 16º MÁX 23º

Covid-19. Pequim impõe vacinação obrigatória devido à Ómicron BA.5

Uma em cada cinco pessoas com mais de 60 anos, residentes em Pequim, ainda não está vacinada.

Covid-19. Pequim impõe vacinação obrigatória devido à Ómicron BA.5
Notícias ao Minuto

16:15 - 06/07/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Covid-19

A capital chinesa, Pequim, irá introduzir vacinação obrigatória, uma vez que o país lida com a recente chegada da variante altamente contagiosa Ómicron BA.5.

Esta decisão, que não tinha sido tomada desde o início da pandemia na China, baseou-se no facto de uma em cada cinco pessoas com mais de 60 anos, residentes em Pequim, ainda não ter sido vacinada.

De acordo com a Sky News, a Comissão de Saúde de Pequim anunciou que, a partir da próxima semana, qualquer pessoa que entre em bibliotecas, museus, cinemas, galerias de arte, locais desportivos e de fitness, locais de entretenimento ou quaisquer locais com muitas pessoas "tem de estar vacinada".

A China tem resistido até agora à vacinação obrigatória e, em vez disso, tem confiado no confinamento rigoroso, rastreio de contatos, rastreio automático do histórico de viagens e nos testes de PCR em massa para tentar erradicar os surtos à medida que surgem.

Em julho do ano passado, o China Daily, um jornal controlado pelo Partido Comunista, afirmou: "A vacinação deve ser voluntária e não obrigatória". 

No entanto, os funcionários que trabalham em setores de alto risco, incluindo os transportes públicos, foram anteriormente obrigados a ser vacinados. De salientar que tanto Pequim como Xangai parecem ter controlado os surtos da variante Ómicron nas últimas semanas e meses.

Leia Também: Xangai anuncia duas novas rondas de testagem em massa contra a Covid-19

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório