Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2022
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 26º

Conversações de paz? "Preferia estar a jogar hóquei no gelo", disse Putin

Declarações foram feitas durante um telefonema tenso com o presidente francês apenas quatro dias antes da invasão da Ucrânia.

Conversações de paz? "Preferia estar a jogar hóquei no gelo", disse Putin

Vladimir Putin disse a Emmanuel Macron que preferia jogar hóquei no gelo a encontrar-se com Joe Biden. Declarações foram feitas numa última chamada para evitar a invasão da Ucrânia em fevereiro - apenas quatro dias antes do início da guerra. 

O comentário deu-se a 20 de fevereiro, no final do telefonema, em mais uma tentativa infrutífera de Macron de impedir a Rússia de ir para a guerra.

O apelo terminou com o presidente francês a sugerir a Putin uma cimeira com Biden. Putin não se opôs, mas também não pareceu interessado em fixar uma data, insistindo que a reunião deveria ser totalmente preparada.

O comentário surgiu no final de uma conversa informal de nove minutos entre os dois líderes e a que o The Telegraph teve acesso. Macron e a sua equipa foram filmados no Elysee durante a chamada e as filmagens serão agora transmitidas como peça central de um documentário 'Um Presidente, a Europa e a Guerra' sobre a forma como o presidente francês lidou com a guerra da Ucrânia, a ser transmitido quinta-feira na France 2 TV.

"Para ser honesto, eu queria jogar hóquei no gelo. E aqui estou eu a falar a partir do salão de desporto antes de começar a atividade física”, disse Putin ao Presidente francês, Emmanuel Macron.

"Gostaria que primeiro me desse a sua leitura da situação e talvez muito diretamente, como é nosso hábito, me dissesse quais são as suas intenções", perguntou Macron a Putin sem rodeios logo no início da conversa.

"O que posso dizer? Você mesmo vê o que está a acontecer", retorquiu Putin, acusando a Ucrânia de quebrar os acordos de Minsk. O presidente russo ainda acusou Zelensky de procurar uma arma nuclear.

Perante as palavras de Macron, que defendeu  que num país soberano as leis são feitas por “autoridades democraticamente eleitas e não por separatistas”, Putin respondeu: “Não é um governo eleito democraticamente. Ganharam controlo através de um golpe sangrento. As pessoas foram queimadas vivas. Foi um banho de sangue e Zelensky é um dos culpados“.

É nesta mesma conversa que surge a proposta de Macron de Putin se encontrar com Biden. 

"Honestamente, eu queria ir jogar hóquei no gelo. E aqui estou eu a falar da sala do desporto antes de começar a minha atividade física. Mas primeiro vou falar com os meus conselheiros”, respondeu. 

O The Telegraph teve ainda acesso a uma conversa entre Macron e o primeiro-ministro britânico Boris Johnson. Este foi posterior à que teve com Putin e Boris terá expressado as suas dúvidas de que o diálogo com Putin estivesse a resultar. 

“Todas as vezes que falamos com Vladimir Putin tenho a impressão de que ele fica mais agressivo e que nós parecemos um pouco fracos. Ele quer alcançar o que quer e não vai parar até o conseguir”, alertou Johnson.

Leia Também: Aproximação da NATO à Crimeia poderá levar à 3.ª guerra, alerta Medvedev

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório