Meteorologia

  • 30 SETEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 23º

Polícia norueguesa pede que sejam adiados eventos LGBTI+ após ataque

Preocupações de segurança levaram autoridades a pedir que os eventos sejam adiados.

Polícia norueguesa pede que sejam adiados eventos LGBTI+ após ataque
Notícias ao Minuto

17:58 - 27/06/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Noruega

A polícia norueguesa disse, esta segunda-feira, que todos os eventos LGBTI+ no país devem ser adiados, após o ataque a um bar gay, em Oslo, que provocou dois mortos e 21 feridos no sábado.

De acordo com a Reuters, a polícia havia aprovado uma manifestação da comunidade LGBTi+ em frente à Câmara Municipal de Oslo para homenagear as vítimas do ataque, contudo, acabou por aconselhar os organizadores a cancelar o evento.

Além disso, as autoridades pediram que todos os eventos associados ao mês Pride fossem cancelados "até novo aviso", dando conta de informações dos serviços de inteligência noruegueses. A polícia destacou que a comunidade LGBTi+ é considerada parte do "inimigo" por extremistas islâmicos, mas não adiantou mais detalhes.

Recorde-se que, esta segunda-feira, um tribunal da Noruega identificou o suspeito do ataque de sábado como Zaniar Matapour, cidadão norueguês de origem iraniana.

O tiroteio ocorreu pelas 01h00 de sábado (hora local). O caso foi considerado como um ato de "terrorismo islâmico extremista". 

É de realçar que junho é reconhecido como o mês do Orgulho LGBTQIA+, decorrendo vários eventos de celebração e emancipação da comunidade.

Leia Também: Justiça norueguesa identifica formalmente autor de tiroteio em Oslo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório