Meteorologia

  • 03 OUTUBRO 2022
Tempo
28º
MIN 16º MÁX 28º

Zelensky disse ao G7 que ainda é cedo para negociar com a Rússia

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse hoje aos líderes do G7 que ainda não chegou o momento de negociar com a Rússia e que a Ucrânia deve primeiro consolidar as suas posições, anunciou a presidência francesa.

Zelensky disse ao G7 que ainda é cedo para negociar com a Rússia
Notícias ao Minuto

13:47 - 27/06/22 por Lusa

Mundo Ucrânia

"O Presidente Zelensky deu uma resposta muito clara a todos, que hoje não é o momento de negociar, a Ucrânia negociará quando estiver em posição de o fazer, ou seja, quando tiver restabelecido uma posição de força", disse o gabinete de Emmanuel Macron, citado pela agência francesa AFP.

Zelensky interveio hoje de manhã, por videoconferência, na cimeira dos sete países mais industrializados do mundo, a decorrer desde domingo em Elmau, no sul da Alemanha.

A presidência francesa confirmou que Zelensky fixou um prazo para o fim da guerra, defendendo que deve terminar "o mais rapidamente possível", pelo menos até ao fim do ano, dado que o inverno é muito duro na Ucrânia.

Zelensky insistiu na "necessidade de um apoio total, abrangente e altamente operacional à Ucrânia" para permitir que o país restaure a sua integridade territorial.

Em particular, pediu aos líderes do G7 mais equipamento militar para conter o avanço de Moscovo e "empurrar os russos de volta" para lá das linhas anteriores à invasão de 24 de fevereiro.

Os líderes do G7 apresentaram posições "extremamente convergentes" em linha com as "expectativas do Presidente Zelensky", disse a presidência francesa.

Macron "disse muito claramente que nada relativo à Ucrânia será decidido sem a Ucrânia" e que cabe a Zelensky "determinar quando pode entrar em negociações com a Rússia", acrescentou a presidência francesa.

Na cimeira do G7 participam Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido, bem como a União Europeia (UE).

A Alemanha exerce atualmente a presidência do G7.

Leia Também: Zelensky pede reforço de sanções com limite ao preço do petróleo russo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório