Meteorologia

  • 07 OUTUBRO 2022
Tempo
19º
MIN 15º MÁX 30º

Presidente do Equador anuncia descida de preços dos combustíveis

O Presidente do Equador anunciou que uma redução do preço dos combustíveis, já congelados, numa resposta aquém das exigências de milhares de indígenas, que há duas semanas protestam e mantêm bloqueado parte do país.

Presidente do Equador anuncia descida de preços dos combustíveis

Numa mensagem à nação, difundida no domingo pela televisão e pelas redes sociais, Guillermo Lasso disse que "o preço da gasolina vai baixar dez centavos [de dólar] por galão [3,78 litros] e o preço do diesel também vai descer dez centavos por galão".

Assim, gasolina vai passar de 2,55 (2,4 euros) para 2,45 dólares (1,8 euros) por galão e o diesel de 1,90 (1,79 euros) para 1,80 dólares (1,7 euros) por galão.

Esta redução é inferior ao exigido pelo movimento indígena, principal motor dos protestos que começaram há duas semanas para exigir que o preço do galão da gasolina fosse fixado em 2,10 dólares (1,9 euros) e do diesel em 1,5 dólares (1,4 euros).

Até agora, os confrontos entre manifestantes e forças de segurança causaram cinco mortos e pelo menos 200 feridos. Mais de 100 pessoas foram detidas, indicaram organizações de defesa de direitos humanos.

De acordo com estimativas do Governo, os protestos afetaram a economia do país em cerca de 500 milhões de dólares (473,3 milhões de euros).

Leia Também: Presidente do Equador denuncia ataque a comboio humanitário

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório