Meteorologia

  • 29 JUNHO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 24º

AO MINUTO: Ucrânia é candidata à UE; "Não há lugar seguro" em Lysychansk

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia.

AO MINUTO: Ucrânia é candidata à UE; "Não há lugar seguro" em Lysychansk
Notícias ao Minuto

07:50 - 23/06/22 por Notícias ao Minuto

Ao Minuto Mundo Rússia/Ucrânia

Assinala-se, esta quinta-feira, o 120.º dia da invasão das tropas russas na Ucrânia. Também hoje é esperada a decisão sobre a atribuição do estatuto de país candidato à Ucrânia - e à Moldova.

A decisão será tomada pelos 27, e está prevista a atribuição deste estatuto ao país, que luta contra a Rússia desde 24 de fevereiro. O alargamento do bloco europeu é o tema central deste Conselho da Europa, que decorre entre hoje e sexta-feira, 23 e 24 de junho, em 

Recorde-se que, na semana passada, a presidente da Comissão Europeia deu um parecer positivo à entrada da Ucrânia na UE. "Os ucranianos estão prontos a morrer pela perspetiva europeia", considerou Ursula Von der Leyen.

Fim da cobertura

Marta Ferreira | há 5 dias

Boa noite.

Chegamos ao fim da cobertura ao MINUTO da guerra na Ucrânia por hoje. Retomamos amanhã de manhã, sexta-feira, com todos os desenvolvimentos da invasão. 

 

Zelensky poderá estar a ponderar substituir chefe de segurança

Marta Ferreira | há 5 dias

Volodymyr Zelensky poderá estar a considerar substituir o chefe do Serviço de Segurança da Ucrânia, que, aponta o jornal POLÍTICO, é um amigo de infência. 

O lugar de Ivan Bakanov poderá estar em risco, estando o presidente da Ucrânia a pensar substituí-lo por alguém mais adequado.

EUA e aliados unidos para conseguir exportar cereais da Ucrânia

Marta Ferreira | há 5 dias

Os Estados Unidos da América e aliados estão a efetuar esforços para exportar cereais da Ucrânia e terão sido bem sucedidos, avança a Casa Branca. Segundo John Kirby, porta-voz da Casa Branca e coordenador do Conselho de Segurança Nacional, apesar de se ter conseguido exportar algum produto, tal não é suficiente. 

Costa diz que "estatuto constitui uma enorme responsabilidade" para a UE

Marta Ferreira | há 5 dias

O primeiro-ministro português, António Costa, reagiu à notícia do estatuto de candidato da Ucrânia e Moldova à UE.

Em declarações aos jornalistas, o líder do executivo apontou que a "atribuição deste estatuto constitui uma enorme responsabilidade" e é "preciso que a União Europeia se prepare. 

Reações dos líderes ao estatuto de candidatos à UE da Ucrânia e Moldova

Marta Ferreira | há 5 dias

A Ucrânia e a Moldova conseguiram esta tarde conquistar o estatuto de candidatos à União Europeia após decisão dos 27 líderes dos Estados-membros em Conselho Europeu. 

As reações a um "momento histórico", como descreveu Volodymyr Zelensky, não tardaram.

A presidente da Comissão Europeia, Úrsula Von der Leyen, classificou o dia de hoje como um "bom dia para a Europa". Dirigindo os seus parabéns aos presidentes dos dois países e primeiro-ministro da Geórgia - que não conseguiu ainda o estatuto - Von der Leyen frisou que "os vossos países fazem parte da nossa família europeia" e "a decisão histórica de hoje dos Líderes confirma isso".

Veja aqui todas as reações

Ucrânia e Moldova são candidatas. Geórgia fica 'à porta'

Marta Ferreira | há 5 dias

Os líderes dos 27 Estados-membros da União Europeia aprovaram esta quinta-feira - em Conselho Europeu - o estatuto de países candidatos à UE a Ucrânia e a Moldova. 

Já a Geórgia, que também estava em discussão, ficou 'à porta'. Ou seja, não lhe foi reconhecido o estatuto de candidato mas ficou a promessa de que poderá vir a tê-lo no futuro. 

O Conselho Europeu, explicou o Presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, no Twitter, “está pronto para atribuir o estatuto de país candidato [à Geórgia] assim que algumas medidas prioritárias sejam abordadas”.

"Momento histórico": Zelensky agradece estatuto de candidato à UE

Marta Ferreira | há 5 dias

O presidente da Ucrânia não demorou a agradecer o estatuto de candidato da Ucrânia à UE atribuído esta tarde em Bruxelas. 

Volodymyr Zelensky agradeceu a Úrsula Von der Leyen, Charles Michel e aos líderes europeus pelo apoio. 

Aprovado estatuto de país candidato à União Europeia para a Ucrânia

Marta Ferreira | há 5 dias

Os líderes dos 27 Estados-membros da União Europeia aprovaram esta quinta-feira - em Conselho Europeu - o estatuto de país candidato à UE para a Ucrânia.

Este aprovação estende-se à Moldova, que é agora também país candidato. 

Míssil russo 'Satanás II' estará pronto até o final do ano, avisa Putin

Marta Ferreira | há 5 dias

Chama-se 'Satanás II' e é a arma 'na manga' de Putin para continuar a sua ofensiva contra a Ucrânia. De acordo com o anúncio feito na terça-feira, dia 21 de junho, o míssil balístico intercontinental Sarmat RS-28 estará pronto até ao final do ano. 

Esta é a arma mais sofisticada e temida do arsenal do Kremlin, tendo a capacidade de "superar todos os meios modernos de defesa antimísseis”, de acordo com o líder russo. 

Cabra fere 40 russos ao, acidentalmente, acionar granadas em Zaporizhzhia

Marta Ferreira | há 5 dias

Uma cabra feriu vários militares russos ao ativar os 'fios de tropeçar' que ativavam granadas na aldeia de Kinski Rozdory em Zaporizhzhia Oblast. Vários soldados russos terão ficado feridos, avançou esta segunda-feira a direção dos Serviços Secretos da Ucrânia, citada pelo jornal russo Pravda.

Putin planeia primeira viagem desde início da invasão da Ucrânia

Marta Ferreira | há 5 dias

O presidente russo, Vladimir Putin, planeia estar presente na cimeira dos países que fazem fronteira com o mar Cáspio, na próxima quarta-feira no Turquemenistão, naquela que seria a sua primeira viagem ao estrangeiro desde a invasão russa da Ucrânia.

"Está nos planos dele", disse hoje o porta-voz da Presidência russa, Dmitry Peskov, na sua conferência de imprensa diária, ao responder a perguntas sobre se Vladimir Putin participaria pessoalmente na cimeira a realizar-se Ashgabat, capital do Turquemenistão.

Kyiv anuncia chegada de lança-foguetes norte-americanos Himars

Marta Ferreira | há 5 dias

O ministro da Defesa ucraniano, Oleksii Reznikov, anunciou hoje a chegada de lança-foguetes norte-americanos Himars à Ucrânia, armas poderosas que foram pedidas a Washington e aliados para enfrentar a invasão russa.

"Os Himars chegaram à Ucrânia. Obrigado ao meu colega e amigo Lloyd Austin [o homólogo norte-americano] por estes poderosos instrumentos", congratulou-se Reznikov na rede social Twitter, acompanhando a sua mensagem com uma foto deste sistema de lança-foguetes móvel montado em blindados ligeiros.

Zelensky critica Israel por não ter imposto sanções à Rússia

Marta Ferreira | há 5 dias

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, criticou hoje Israel por não ter imposto sanções à Rússia, numa mensagem por videoconferência a estudantes da Universidade Hebraica de Jerusalém.

"Impor sanções à Rússia é uma questão de valores. Muitos países europeus estão ao nosso lado contra a agressão russa, mas infelizmente não vemos Israel juntar-se" às sanções, sustentou Zelensky, num discurso proferido em ucraniano e traduzido para inglês.

"Não há lugar seguro" em Lysychansk, diz governador

Marta Ferreira | há 5 dias

O governador de Lugansk, Serhiy Haidai, disse, esta quinta-feira, que "não há lugar seguro" em Lysychansk.

"Toda a cidade de Lysychansk está a ser bombardeada com grandes calibres e ataques aéreos", afirmou. As autoridades continuam a retirar civis e a entregar ajuda humanitária. 

 

Fornecimento de gás na UE está “garantido” mas situação mantém-se séria

Marta Ferreira | há 5 dias

O fornecimento de gás na União Europeia está "atualmente garantido", mas a Comissão Europeia alerta que a situação mantém-se séria.

“A segurança do fornecimento de gás na Alemanha – e na UE – está atualmente garantida. Menores influxos de gás da Rússia podem ser compensados ​​até agora”, disse um porta-voz da Comissão Europeia em comunicado à CNN, acrescentando que “a situação deve ser levada a sério”.

“Precisamos estar cientes de que a situação pode se deteriorar ainda mais. As Declarações de Alerta Antecipado, que constituem o primeiro nível de alerta previsto no Regulamento SoS, foram feitas por nove outros Estados-Membros da UE nos últimos meses, tendo como pano de fundo o uso contínuo da Rússia de seus suprimentos de gás como uma ferramenta de chantagem”, disse no comunicado.

Cimeira da UE para adesão da Ucrânia já começou em Bruxelas

Marta Ferreira | há 5 dias

A cimeira da União Europeia para discutir a concessão do estatuto de candidato à Ucrânia já começou em Bruxelas.

Todos os 27 líderes da UE estão reunidos hoje e amanhã para, além do pedido de adesão da Ucrânia, discutir os pedidos de da República da Moldávia e da Geórgia, bem como as questões económicas atuais que a UE enfrenta.

 


 
 
 

MNE ucraniano pede a África que recuse mentiras russas sobre crise

Marta Ferreira | há 5 dias

O chefe da diplomacia ucraniana, Dmytro Kuleba, pediu hoje aos africanos que recusem as "mentiras" de Moscovo sobre a crise alimentar e responsabilizou o Presidente russo de disputar os "jogos da fome" com África e o resto do mundo.
  

Situação em Severodonetsk "difícil" mas "estável"

Marta Ferreira | há 5 dias

"Difícil" mas "estável". É desta forma que as tropas ucranianas descrevem a situação que se vive em Severodonetsk, um dos principais campos de batalha pelo controlo nas últimas semanas. 

"A luta continua", afirma Oleksii Hromov, vice-chefe do comando de operações do Estado-maior ucraniano. 

“Os nossos militares têm armas à sua disposição e são apoiados por unidades de artilharia, mas, infelizmente, o inimigo tem a vantagem do fogo”, assummiu. “[A Rússia] tem sistemas de artilharia suficientes, munição suficiente, eles infligem ataques maciços de fogo, mas os nossos militares manobram habilmente entre as posições fortificadas”, conclui.

 O  vice-chefe do comando de operações afirma que a Rússia destruiu as rotas de abastecimento da Ucrânia, mas os militares ucranianos encontraram formas alternativas de enviar munições e transportar os feridos. 

Biden poderá anunciar reforço da ajuda militar ainda hoje

Marta Ferreira | há 5 dias

A administração do presidente dos Estados Unidos Joe Biden poderá anunciar uma nova ronda de ajuda militar à Ucrânia ainda esta quinta-feira, de acordo com fonte citada pelo CNN Internacional. 

Este novo pacote poderá incluir mais Sistemas de Foguetes de Artilharia de Alta Mobilidade (HIMARS), bem como munição de artilharia. O pacote deve totalizar não mais que aproximadamente 500 milhões de dólares.

Nike anuncia saída definitiva da Rússia

Marta Ferreira | há 5 dias

A empresa americana de calçado desportivo mundialmente conhecida, Nike, tomou a decisão de abandonar definitivamente a Rússia, em reação à invasão russa à Ucrânia. 

Num comunicado enviado à CNN Internacional, a Nike indica que a "prioridade é assegurar o apoio aos funcionários" de forma a abandonar o mercado russo de forma "responsável" ao longo "dos próximos meses". 

Eurovisão fora da Ucrânia? UER pede que não se "politize" decisão

Marta Ferreira | há 5 dias

A União Europeia de Radiodifusão (UER), responsável por organizar o Festival Eurovisão da Canção, defendeu, esta quinta-feira, que a decisão de não realizar o evento na Ucrânia - mesmo após a vitória do país - se prende com a “segurança de todos os que trabalham e participam” na organização, cujo planeamento tem de “começar imediatamente”, e pediu que não se “politize” a decisão. 

“A UER compreende perfeitamente o desapontamento sobre o anúncio de que o Festival Eurovisão da Canção (ESC) de 2023 não pode ser realizado na Ucrânia, o país vencedor deste ano”, começa por justificar, em comunicado.

Putin pede "cooperação honesta" para sair da crise económica global

Marta Ferreira | há 5 dias

O presidente russo, Vladimir Putin, pediu hoje uma "cooperação honesta" para sair da crise económica global, causada pelas "ações tolas e egoístas de certos Estados", durante a sua intervenção na cimeira dos BRICS.

"Apenas mediante uma cooperação honesta e mutuamente benéfica pode ser encontrada uma saída para a situação de crise que foi criada na economia mundial", disse Putin, na cimeira virtual entre os líderes do bloco de economias emergentes, que junta Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul (BRICS).

Antigo negociador diz que Ucrânia ajudou a suavizar oposição ao Brexit

Teresa Banha | há 5 dias

O antigo negociador britânico do Brexit, David Frost, acredita que o apoio do Reino Unido à Ucrânia contra a invasão russa reduziu a intervenção de Washington nas divergências com a União Europeia (UE) sobre a Irlanda do Norte.

Antigo negociador diz que Ucrânia ajudou a suavizar oposição ao Brexit

O antigo negociador britânico do Brexit, David Frost, acredita que o apoio do Reino Unido à Ucrânia contra a invasão russa reduziu a intervenção de Washington nas divergências com a União Europeia (UE) sobre a Irlanda do Norte.

Lusa | 15:05 - 23/06/2022

Forças ucranianas poderão ter de abandonar Lysychansk para evitarem cerco

Teresa Banha | há 5 dias

O governador de Lugansk, Sergei Gaidai, disse, esta quinta-feira, que as tropas ucranianas poderão ter que se retirar de Lysychansk para evitar serem cercadas pelo exército russo.

De acordo com as forças armadas da Ucrânias, as vilas de Rai-Oleksandrivka e Loskutivka, a cerca de 5 km da frente de batalha, em Lysychansk, já foram tomadas pelo exército russo.

Lysychansk e Severodonetsk são as cidades na região separatista do Donbass que faltam serem tomadas pelo exército russo. A sua conquista significaria um dos objetos da Rússia, que é conquistar a regiao.

UE e Noruega planeiam acordo de cooperação para fornecer gás aos 27

Teresa Banha | há 5 dias

A União Europeia e a Noruega terão um acordo de cooperação para que o país nórdico se torne um dos "principais fornecedores" de gás para os 27 países pertencentes ao bloco europeu. em comunicado, citado pela Reuters, os responsáveis explicam que objetivo será "garantir a curto e longo prazo o fornecimento do gás" a territórios europeus para além de 2030.

O bloco europeu expressou ainda o seu apoio para que o país aumente a sua exploração de gás e petróleo. O anúncio surge depois de a Gazprom cortar parte do fornecimento de gás à Alemanha, ama medida que fez com que, esta quinta-feira, o ministro da Economia alemã anunciasse que o país entrava na fase 2 (de um total de três) do plano de emergência. O governante pediu aos cidadãos que poupassem o consumo de eletricidade.

De acordo com a Reuters, o país nórdico fornece, atualmente, cerca de um quinto do gás da União Europeia.

"Precisamos de perceber que nos temos de preparar para a expansão"

Teresa Banha | há 5 dias

O chanceler da Alemanha disse, esta quinta-feira, que a União Europeia deverá estar preparada para o alargamento. "Precisamos de arranjar as condições necessárias para que a Ucrânia continue o seu caminho promissor e, ao mesmo tempo, precisamos de perceber que nos temos de preparar para a expansão", afirmou Olaf Scholz, citado pela Reuters, em Bruxelas.

O responsável alemão acrescentou que para que a união funcione, é preciso que mais decisões tenham 'luz verde' devido a maiorias, e não por unanimidade.

Sanções à Rússia são um "abuso", diz China

Teresa Banha | há 5 dias

O presidente da China considerou, esta quinta-feira, que as sanções internacionais que têm vindo a ser impostas à Rússia são um "abuso". As declarações foram feitas à margem da conferência do BRICS - grupo de trabalho de economias emergentes composto pela China, Rússia, Brasil, Índia e África do Sul -, que se realizou por videoconferência.

"O nosso encontro de hoje acontece num momento crucial para o futuro da humanidade: como mercados essenciais e países em e países em desenvolvimento, os países pertencentes ao grupo devem assumir a sua responsabilidade", disse o líder chinês, citado pela Reuters. "Temos melhorado a nossa união e coordenação", garantiu.

"Temos de abandonar a mentalidade da Guerra Fria confrontação de blocos e opormo-nos  às sanções unilaterais - e ao abuso das sanções", notou Xi Jinping, acrescentando que a recuperação económica continuava num "processo tortuoso enquanto a paz e a segurança forem problemas mais marcantes".

 

"O mundo está cansado da chantagem da Rússia"

Teresa Banha | há 5 dias

O conselheiro da presidência da Ucrânia defendeu, esta quinta-feira, que a comunidade internacional estava "cansada" de ser chantageada pelos líderes russos.

"A maldade russa que sai impune está sempre a aumentar", escreveu Mykhaylo Podolyak no Twitter,. "Interferência eleitoral, homicídios políticos e armas químicas transformaram-se em bombardeamentos de cidades, crises migratórias, ameaça de insegurança alimentar", explicou, no mesmo dia em que a Ucrânia esta à espera de ter 'luz verde' dos 27 países à candidatura para a União Europeia.

Considerando que o governo russo está à espera de que "o mundo se canse da Ucrânia",  Podolyak rematou: "É tempo de lhes mostrar: o mundo está cansado da chantagem da Rússia".

Putin pede cooperação contra "ações egoístas"

Teresa Banha | há 5 dias

O presidente da Rússia referiu, esta quinta-feira, as "iniciativas egoístas de estados individuais" como sendo uma preocupação. As afirmações foram feitas durante a conferência dos BRICS, grupo de economias emergentes formados pelo Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

"Apenas com base na cooperação e honestidade podemos encontrar soluções para esta crise que se desenvolveu no mundo devido às iniciativas mal intencionadas e egoístas de estados individuais que, usando mecanismos económicos, acabaram por espalhar os seus erros nas políticas económicas para o mundo", disse Vladimir Putin, citado pelo Guardian.

55% dos territórios em Donetsk são controlados pelo exército russo

Teresa Banha | há 5 dias

O chefe da Administração Regional de Donetsk disse, esta quinta-feira, que as tropas russas controlam cerca de 55% da região, deixando a Ucrânia com cerca de 45%.

"É muito difícil dizer que o resto [das cidades/ territórios da região]  estão controladas pelo inimigo porque estas cidades têm sido destruídas por eles - são só territórios", disse Pavlo Kyrylenko, citado pelas publicações internacionais.

Rússia está a utilizar táticas desumanas, típicas da idade medieval

Teresa Banha | há 5 dias

O secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação português acusou, esta quinta-feira, a Rússia de utilizar a fome como arma, o que está a fustigar vários países, ainda a braços com o impacto da pandemia de Covid-19.

"A Rússia está a utilizar táticas completamente inaceitáveis, desumanas, típicas da idade medieval e a utilizar a fome como arma não só na Ucrânia, mas a alastrar essa fome a muitos outros países do mundo, o que é condenável e tem que cessar de imediato", disse Francisco André à agência Lusa.

"Rússia está a utilizar táticas desumanas, típicas da idade medieval"

O secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação português acusou hoje a Rússia de utilizar a fome como arma, o que está a fustigar vários países, ainda a braços com o impacto da pandemia de covid-19.

Lusa | 13:20 - 23/06/2022

"O verão será quente para os ocupantes russos. E o último para alguns"

Teresa Banha | há 5 dias

O ministro da Defesa da Ucrânia anunciou, esta quinta-feira, que os sistemas  avançados de mísseis prometidos pelos Estados Unidos já chegaram à Ucrânia. "Obrigado ao meu colega e amigo Lloyd Austin pelas ferramentas poderosas", escreveu Oleksii Reznikov no Twitter, acrescentando: "O verão será quente para os ocupantes russos. E o último para alguns deles", rematou.

Gás. Para além da Alemanha, 12 países foram afetados após invasão russa

Teresa Banha | há 5 dias

O responsável pela pasta do Clima na Comissão Europeia disse, esta quinta-feira, que a Rússia fez da energia "uma arma de guerra". Ainda hoje o ministro da Economia da Alemanha pediu aos cidadãos que poupem no consumo de gás, assim como anunciou a entrada na fase 2 (de três) do plano de emergência estabelecido no país. A decisão segue-se à queda de 60%, desde a semana passada, do fornecimento de gás via Nord Stream à Alemanha pelo grupo russo Gazprom, que reivindica um problema técnico.

Num discurso realizado no âmbito do Conselho Europeu, o responsável europeu pela pasta do clima, Frans Timmermans, disse que eram 12 os países cujo fornecimento de gás tinha sido afetado a partir da invasão das tropas russas - Lituânia, Bulgária, Polónia, Alemanha, Finlândia, Dinamarca, Países Baixos, Itália, França, Áustria, República Checa e Eslováquia.

Ucrânia: Europol identificou nove suspeitos de tráfico de pessoas

Teresa Banha | há 5 dias

A agência europeia para a cooperação policial (Europol) anunciou, esta quinta-feira, que identificou nove suspeitos de tráfico de seres humanos que, através de esquemas 'online', se aproveitavam de ucranianos vulneráveis que tentam fugir da guerra no seu país.

Ucrânia: Europol identificou nove suspeitos de tráfico de pessoas

A agência europeia para a cooperação policial (Europol) anunciou hoje que identificou nove suspeitos de tráfico de seres humanos que, através de esquemas 'online', se aproveitavam de ucranianos vulneráveis que tentam fugir da guerra no seu país.

Lusa | 13:03 - 23/06/2022


  

Nike abandona mercado russo

Teresa Banha | há 5 dias

A Nike abandonou o mercado russo, de acordo com um comunicado citado pela Reuters. A empresa norte-americana já tinha encerrado - ainda que temporariamente - todas as suas lojas em território russo, a 3 de março.

Esta quinta-feira, a fabricante de material desportivo junta-se a empresas como a Google ou a McDonald's. "A Nike decidiu de abandonar o mercado russo. A nossa prioridade é assegurar que apoiamos os nossos funcionários enquanto diminuímos as nossas operações nos meses que aí vêm", explicam os responsáveis na nota.

"Não queremos, de nenhuma forma ou feitio, ser catalisadores da fome"

Teresa Banha | há 5 dias

O primeiro ministro da Irlanda acusou, esta quinta-feira, o presidente da Rússia de ter  um comportamento "completamente imoral", assim como reforçou as ideias já defendidas pela comunidade internacional de que o líder russo está a tornar a fome como "uma arma de guerra".

À margem de uma das reuniões agendadas para hoje com os líderes europeus, o irlandês rejeitou a ideia de que as sanções impostas pela União Europeia (UE) à Rússia estavam a causar o bloqueio dos portos ucranianos - impedindo assim a exportações de cereais para todo o mundo. A acusação de que a UE seria responsável pela  crise de insegurança alimentar foi feita pelo Kremlin. O bloco europeu já esclareceu que nenhuma das sanções impostas contribuem para a crise alimentar que já fez a Organização das Nações Unidas cortar nas rações alimentares para refugiados em alguns países de África.

"Não queremos, de nenhuma forma ou feitio, ser catalisadores da fome", reforçou  Micheál Martin, explicando que tal como está a fazer com outros bens, de que dá exemplo o gás ou as migrações, Vladimir Putin está a a fazer com que a comida se torne uma arma de guerra.

"Este é um Conselho da Europa muito importante. É histórico no que diz respeito ao alargamento da União Europeia e estou particularmente agradado porque sou um defensor da candidatura da Ucrânia", defendeu, acrescentando que também para outros países que têm os mesmos objetivos, como a Moldava ou a Geórgia, este é um marco importante.

Mísseis russos atingiram Mykolaiv

Teresa Banha | há 5 dias

As forças armadas da Ucrânia anunciaram que esta quinta-feira três mísseis cruzeiro atingiram Mykolaiv. De acordo com a autoridade, citada pela Reuters, uma pessoa ficou ferida nos ataques aéreos na cidade portuária.

Segundo a mesma fonte, outros dois mísseis disparados na mesma direção pelas força russas terão sido destruídos pelos sistemas antimísseis da Ucrânia.

 

Lituânia aumenta despesa em Defesa para acolher mais tropas da NATO

Teresa Banha | há 5 dias

A Lituânia deve aumentar as suas despesas em Defesa para os 3% do PIB (Produto Interno Bruto), de forma a poder acolher um número muito maior de tropas da NATO, num contexto de receio relativamente a uma eventual invasão russa sobre o país, segundo as informações avançadas à Reuters pelo presidente do país, Gitanas Nausėda.

Lituânia aumenta despesa em Defesa para acolher mais tropas da NATO

Para o próximo ano, o país irá já destinar 1,5 mil milhões de euros, o equivalente a 2,52% do seu PIB, ao setor da Defesa.

Notícias ao Minuto | 12:26 - 23/06/2022


  

Presidente do Parlamento ucraniano agradece 'luz verde' de Metsola

Teresa Banha | há 5 dias

O presidente do Parlamento da Ucrânia agradeceu, esta quinta-feira, a 'luz verde' dada pelo Parlamento Europeu n que diz respeito à atribuição do estatuto de candidato da Ucrânia ao bloco Europeu. "Mais uma vez, o Parlamento Europeu demonstrou o apoio inabalável às aspirações europeias da Ucrânia. Obrigada, Roberta Metsola, por adotar essa resolução simbólica hoje. A Ucrânia é um país da União Europeia. E lutamos por este direito não só no campo de batalha, como também na esfera legal", escreveu Ruslan Stefanchuk, no Twitter, na sequência do anúncio do PE, que pediu aos 27 líderes europeus para darem 'luz verde' à Ucrânia (e Moldava) "sem demoras". 

O diploma foi aprovado com 529 votos contra a favor, contra 45. Na reunião, que decorre no 1.º dos dois dias de encontros dos líderes europeus em Bruxelas, também foi estavam previstos os pedidos de adesão da Moldava - que, à semelhança da Ucrânia, também espera que esta semana seja aceite como país candidato - e da Geórgia, país ao qual deverá também ser atribuído este estatuto "assim que" o governo entregar reformas políticas e sociais estabelecidas pelo bloco europeu.

MNE do Reino Unido diz que é "urgente" resolver bloqueio russo de cereais

Teresa Banha | há 5 dias

A ministra dos Negócios Estrangeiros disse, esta quinta-feira, que é "urgente" resolver a situação do bloqueio da exportação de cereais da Ucrânia, por forma a evitar um resultado "devastador". A responsável sublinha que é urgente esta questão ficar resolvida até ao próximo mês.

Numa conferência de imprensa com o seu homólogo turco, Mevlut Cavusoglu, Liz Truss responsabilizou, mais uma vez, o presidente da Rússia por estar a tornar a fome uma "arma de guerra". "Ele [Vladimir Putin] bloqueou os portos ucranianos e impediu 20 milhões de toneladas de cereais de serem exportados por todo o globo, fazendo o mundo refém", disse a responsável pela pasta dos Negócios Estrangeiros.

Os dois ministros estão reunidos em Ancara, na Turquia. Já o ministro turco disse, esta quinta-feira, que o país vai investigar alegações de roubos russos de cereais da Ucrânia. "Nós não permitiremos que estes bens venham até nós", assegurou o ministro dos Negócios Estrangeiros da Turquia, Mevlut Cavusoglu.

Em alguns países africanos este bloqueio já está a ter efeitos, com o Programa Alimentar Mudnial da Organização das Nações Unidas a ter que diminuir em 50% a quantidade de rações alimentares destinadas aos refugiados em Angola, Malawi, Moçambique, República do Congo, Tanzânia e Zimbabué

"Estamos a ser obrigados a tomar a decisão - que nos parte o coração - de cortar na quantidade de rações alimentares para os refugiados que dependem de nós para sobreviver", afirmou o diretor-executivo David Beasley, este domingo.

Aprovação de estatuto de candidato? "Sem demora", quer Parlamento Europeu

Teresa Banha | há 5 dias

O Parlamento Europeu recomendou, esta quinta-feira, ao Conselho Europeu que atribua "sem demora" o estatuto de país candidato ao bloco europeu à Ucrânia e à Moldova, numa resolução aprovada por larga maioria.

O diploma foi aprovado com 529 votos contra a favor, contra 45. Na reunião, que decorre no 1.º dos dois dias de encontros dos líderes europeus em Bruxelas, também foi estavam previstos os pedidos de adesão da Moldava - que, à semelhança da Ucrânia, também espera que esta semana seja aceite como país candidato - e da Geórgia, país ao qual deverá também ser atribuído este estatuto "assim que" o governo entregar reformas políticas e sociais estabelecidas pelo bloco europeu.

PE recomenda que 27 aprovem "sem demora" candidatura de Ucrânia e Moldova

O Parlamento Europeu (PE) recomendou hoje ao Conselho Europeu que atribua "sem demora" o estatuto de país candidato ao bloco europeu à Ucrânia e à Moldova, numa resolução aprovada por larga maioria.

Lusa | 11:44 - 23/06/2022

"Do ponto de vista militar, esta fase é terrível"

Teresa Banha | há 5 dias

O porta-voz da presidência da Ucrânia disse, esta quinta-feira, que o "combate pela defesa de Lysychansk e Severodonetsk entrou no seu clímax".

"Do ponto de vista militar, esta fase é terrível", defendeu Oleksiy Arestovych, em comunicado citado pelo Guardian, acrescentando que quem "tiver dois batalhões de artilharia" vencerá esta luta. "Quem tem [esses batalhões] - só os comandados de de ambos os lados sabem", deixou no ar.

Ucrânia. Batalha por Lysychansk e Severodonetsk "entrou no seu clímax"

"Esta fase [da batalha] parece aterradora do ponto vista militar", considerou Oleksiy Arestovych, conselheiro de Zelensky.

Notícias ao Minuto | 12:05 - 23/06/2022

Pelo menos 650 ucranianos morreram nas últimas 24 horas, diz Rússia

Teresa Banha | há 5 dias

O ministro da Defesa da Rússia disse, esta quinta-feira, que morreram pelo menos 650 ucranianos na sequência dos ataques russos das últimas 24 horas.

De acordo com o ministério russo, citado pelo Guardian, "o inimigo [a Ucrânia] continua a sofrer perdas pesadas" e oficiais "terão abandonado os seus subordinados e desertado da área de combate" em Lugansk. 

Ainda de acordo com a nota, "mais de 170 soldados e oficiais" terão ficados "gravemente feridos em combate".

 

Reino Unido anuncia novas sanções contra a Rússia

Márcia Guímaro Rodrigues | há 5 dias

O Reino Unido anunciou, esta quinta-feira, novas sanções contra a Rússia, na sequência da invasão russa da Ucrânia. Segundo um comunicado, publicado por Downing Street, as sanções visam sobretudo exportações de produtos britânicos para a Rússia.

No ‘Aviso aos Exportadores’, o governo britânico referiu que está proibida a exportação “para ou para utilização da Rússia” de mercadorias e bens tecnológicos, combustível e notas em libras ou euros.

 

"Tempo está a esgotar-se", diz família de soldado condenado à morte

Teresa Banha | há 5 dias

A família de Aiden Aslin, um dos soldados britânicos condenado à morte por lutar com as tropas ucranianas na cidade portuária de Mariupol, defendeu, esta quinta-feira, que o tempo para salvar o homem, de 28 anos, “está a esgotar-se”.

"Tempo está a esgotar-se", diz família de soldado condenado à morte

Dois britânicos e um marroquino foram acusados de “participarem em combates como mercenários” e condenados à pena de morte pelo Supremo Tribunal da autoproclamada república de Donetsk.

Márcia Guímaro Rodrigues | 11:02 - 23/06/2022

Turquia investiga alegações de roubos russos de cereais da Ucrânia

Teresa Banha | há 5 dias

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Turquia, Mevlut Cavusoglu, disse, esta quinta-feira, que Ancara está já a investigar as alegações que indicam que cereais ucranianos terão sido roubados pelas tropas da Rússia. A mesma fonte, citada pela Reuters, garantiu que não irá permitir que tais cereais venham a ser transportados para a Turquia.

Turquia investiga alegações de roubos russos de cereais da Ucrânia

"Nós não permitiremos que estes bens venham até nós", assegurou o ministro dos Negócios Estrangeiros da Turquia, Mevlut Cavusoglu.

Notícias ao Minuto | 10:55 - 23/06/2022

Berlim ativa "nível de alerta" para assegurar fornecimento de gás

Teresa Banha | há 5 dias

O ministro da Economia da Alemanha pediu, esta quinta-feira, à população para reduzirem o consumo de gás natural. O pedido foi feito na sequência da entrada da fase 2 do plano de emergência traçado pela governo alemão  para o fornecimento de gás.

"Não devemos enganar-nos: o corte do fornecimento do gás é um ataque de Putin", disse Robert Habeck em comunicado citado pela Reuters O responsável acrescentou que a estratégia do presidente da Rússia era "óbvio" ao dificultar o acesso a este bem, "criando insegurança, aumentando preços e dividir-nos como sociedade".

A entrada na fase 2 (de 3) deste plano de emergência surge depois de a oferta de gás diminuir, tendo, de acordo com a Reuters, a possibilidade de o país entrar em recessão sido colocada em cima da mesa, caso o fornecimento de gás russo parasse por completo.

Berlim ativa "nível de alerta" para assegurar fornecimento de gás

A Alemanha ativou hoje o "nível de alerta" do plano para assegurar o fornecimento de gás que aproxima o país das medidas de racionamento, na sequência de uma queda de 60% nas entregas de Moscovo através do gasoduto Nord Stream.

Lusa | 10:30 - 23/06/2022

 

Primeiro-ministro albanês diz à Ucrânia para não se iludir com aceitação

Teresa Banha | há 5 dias

O primeiro-ministro albanês, Edi Rama, aconselhou, esta quinta-feira, a Ucrânia a "não se iludir" com promessas de adesão à União Europeia (UE), adiantando que o seu país aguarda há oito anos a 'luz verde' dos 27.

Ucrânia leva a julgamento o primeiro caso de violação

Teresa Banha | há 5 dias

A justiça ucraniana tem previsto o início do julgamento de Mikhail Romanov, um comandante russo acusado de violar uma mulher, para esta quinta-feira.

Começa hoje o 1.º julgamento de um soldado russo acusado de violação

O suspeito em causa é Mikhail Romanov, de 32 anos, que não se encontra sob custódia ucraniana e será julgado à porta fechada.

Notícias ao Minuto | 12:10 - 23/06/2022

De acordo coma  Reuters, o comandante não estará presente e não é conhecido quem o irá representar. Antes de abusar sexualmente da mulher, o homem, de 33 anos, terá matado o marido da vítima. As violações terão sido cometidas ainda por um outro soldado, de quem se desconhece a identidade.

Recorde aqui o relato da vítima, que sobreviveu:

"Devemos matá-la ou mantê-la viva?". Relato de mulher violada por russos

Natalya foi violada com uma arma apontada à cabeça, depois de ver o marido estendido no jardim. "É melhor calares a boca ou eu vou buscar o teu filho e mostrar-lhe o cérebro da mãe dele espalhado pela casa", ameaçou um dos soldados russos.

Notícias ao Minuto | 23:29 - 29/03/2022

 

Mais de 150 monumentos ou sítios danificados ou destruídos pela guerra  

Teresa Banha | há 5 dias

Mais de 150 monumentos ou sítios históricos protegidos foram total ou parcialmente destruídos em quase quatro meses de guerra na Ucrânia, anunciou, esta quinta-feira, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Educação e a Cultura (Unesco).

Mais de 150 monumentos ou sítios danificados ou destruídos pela guerra

Mais de 150 monumentos ou sítios históricos protegidos foram total ou parcialmente destruídos em quase quatro meses de guerra na Ucrânia, anunciou hoje a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Educação e a Cultura (Unesco).

Lusa | 09:13 - 23/06/2022

Charles Michel diz que UE vive "momento histórico"

Teresa Banha | há 5 dias

O presidente do Conselho Europeu considerou, esta quinta-feira, que a União Europeia vive um "um momento histórico". As declarações foram feitas à entrada da reunião com os 27 líderes europeus e dos Balcãs Ocidentais (Albânia, Bósnia-Herzegovina, Kosovo, Macedónia do Norte, Montenegro e Sérvia).

"Este Conselho Europeu constitui um momento histórico no plano geopolítico, este é um momento decisivo para a União Europeia. É uma decisão geopolítica que tomaremos hoje, e estou confiante de que hoje atribuiremos o estatuto de candidato à Ucrânia e à Moldova", afirmou Charles Michel.

UE vive "um momento histórico no plano geopolítico", diz Charles Michel

A União Europeia vive hoje "um momento histórico no plano geopolítico", com importantes decisões sobre as candidaturas à adesão de Ucrânia e Moldova e a revitalização do processo de alargamento aos Balcãs Ocidentais, disse o presidente do Conselho Europeu.

Lusa | 09:15 - 23/06/2022

Medvedev sobre líderes internacionais: "Sem ofensa, mas..."

Teresa Banha | há 5 dias

O antigo presidente da Rússia, Dmitry Medvedev, considerou, esta quinta-feira, que o nível dos líderes políticos "tem vindo a decrescecer". Numa mensagem partilhada no Telegram, o aliado de Putin sublinha que esta 'descida d enível' tem vindo a acontecer nos últimos vinte anos.

"É óbvio que agora a Europa não tem um traço de figuras políticas como Helmut Kohl, Jacques Chirac ou Margaret Thatcher", escreveu o aliado de Putin, exemplificando ainda com os líderes contemporênos: "Sem ofensa para ninguém, mas Mario Draghi não é Silvio Berlusconi, e Olaf Scholz não é Angela Merkel. São novas pessoas que, na minha opinião, estão longe daquilo que foi a melhor administração pública", escreveu.

Medvedev defende ainda que a Europa se tornou "uma voz de coro fraca" para os "solistas americanos".

Ex-presidente russo Medvedev sobre líderes europeus: "Sem ofensa, mas..."

O antigo presidente da Rússia criticou os líderes europeus atuais, comparando-os com nomes históricos como Thatcher ou Chirac. No dia em que os 27 vão decidir sobre o estatuto de candidato da Ucrânia à União Europeia, Medvedev não deixou ainda de apontar o dedos aos EUA.

Teresa Banha | 11:11 - 23/06/2022

Militares ucranianos fazem alguns baixas na Ilha da Cobra

Teresa Banha | há 5 dias

O porta-voz da administração militar de Odessa disse, esta quinta-feira, que o exército ucraniano tinha destruído alguma artilharia russa na Ilha da Cobra, localizada no Mar Negro, onde os exércitos russo e ucraniano estão a combater.

"Estamos a falar de dois sistemas antiaéreos e conjuntos de canhões, estamos a falar de uma estação de radares alguns veículos e também [atingimos] alguns militares", escreveu Serhii Bratchuk no Telegram Serhii.

 

Advogados de britânicos condenados à morte preparam recurso

Teresa Banha | há 5 dias

Os advogados dos britânicos e do marroquino condenados à pena de morte por um autoproclamado tribunal de Donetsk estão a preparar os recursos das sentenças.

"Se os recursos forem rejeitados e a condenação for imposta, será requerido perdão de pena", garante a advogada de Shaun Pinner, Yulia Tserkovnikova.

"Lysychansk está a defender-se", diz governador de Lugansk

Teresa Banha | há 5 dias

O governador de Lugansk informou, esta quinta-feira, que Lysychansk está a ser fortemente atacada. "Os racistas [tropas russas] concentraram os seus ataques, com centenas de mísseis, nesta direção", escreveu Sergei Haidai no Telegram, acrescentando que "há baixas entre os civis".

"Apesar dos ataques, a cidade está na linha da frente da resistência ucraniana. Lysychansk está a defender-se", considera o responsável.

Tropas russas continuam a avançar no Donbass

Teresa Banha | há 5 dias

As tropas russas continuam a avançar na região separatista ucraniana. De acordo com os serviços secretos do Reino Unido, desde domingo que o exército da Rússia avançou 5 km em direção a Lysychansk, em Lugansk.

"Algumas unidades ucranianas retiraram-se, provavelmente, para evitarem serem cercadas. A melhoria da Rússia poderá ser, muito provavelmente, devido a um reforço das tropas e a um grande número de ataques", escrevem os representantes do ministério da Defesa.

Russos querem fazer de Donbass uma nova Mariupol?

Teresa Banha | há 5 dias

O presidente da Ucrânia disse, na quinta-feira, que as tropas russas estavam a tentar destruir Donbass da mesma forma que destruíram Mariupol.

"O objetivo dos ocupantes continua o mesmo nesta direção - querem destruir Donbass passo a passo. Toda. Lysychansk, Slovyansk, Kramatorsk - o obejtivo é transformar qualquer cidade em Mariupol. Arruinar completamente", afirmou Volodymyr Zelensky no seu discurso habitual diário, durante o qual também oediu mais armas.

Libertar a Ucrânia é "objetivo nacional", aponta Zelensky

Zelensky revelou ter continuado "a maratona telefónica por uma decisão positiva do pedido da Ucrânia de adesão à União Europeia", tendo, esta quarta-feira, contactado os líderes de 11 países.

Notícias ao Minuto | 23:27 - 22/06/2022

Aliados consideram EUA mais confiáveis desde a guerra na Ucrânia

Teresa Banha | há 5 dias

Os Estados Unidos são considerados mais confiáveis pelas populações dos países aliados desde o início da invasão russa da Ucrânia, enquanto a imagem de Moscovo - já negativa - acentuou-se, refere uma sondagem internacional divulgada esta quinta-feira.

Aliados consideram EUA mais confiáveis desde a guerra na Ucrânia

Os Estados Unidos são considerados mais confiáveis pelas populações dos países aliados desde o início da invasão russa da Ucrânia, enquanto a imagem de Moscovo, já negativa, acentuou-se, refere uma sondagem internacional divulgada esta quarta-feira.

Lusa | 06:42 - 23/06/2022

G7 apresenta propostas para aumentar a pressão sobre Moscovo

Teresa Banha | há 5 dias

A cimeira do Grupo dos 7 vai concluir no final de semana, na Alemanha, com "um conjunto de propostas concretas para aumentar a pressão sobre a Federação Russa e mostrar um apoio coletivo à Ucrânia".

Ucrânia. G7 apresenta propostas para aumentar a pressão sobre Moscovo

A cimeira do Grupo dos 7 (G-7), no final de semana, na Alemanha, vai concluir com "um conjunto de propostas concretas para aumentar a pressão sobre a Federação Russa e mostrar um apoio coletivo à Ucrânia".

Lusa | 06:33 - 23/06/2022

27 decidem esta quinta-feira o estatuto de candidato da Ucrânia

Teresa Banha | há 5 dias

Os líderes dos 27 da União Europeia vão decidir, esta quinta-feira, sobre o processo de candidatura da Ucrânia ao bloco europeu, no arranque de uma cimeira em Bruxelas dominada pelo alargamento do bloco europeu.

Líderes dos 27 da UE decidem hoje estatuto de candidato para Ucrânia

Os líderes dos 27 da União Europeia (UE) vão decidir hoje sobre o processo de candidatura da Ucrânia ao bloco europeu, no arranque de uma cimeira em Bruxelas dominada pelo alargamento, com a guerra como pano de fundo.

Lusa | 06:26 - 23/06/2022

Para recordar

Teresa Banha | há 6 dias

Bom dia!

Teresa Banha | há 6 dias

Damos início a um novo acompanhamento AO MINUTO da guerra na Ucrânia. Poderá recordar tudo o que aconteceu na quarta-feira no link abaixo. 

AO MINUTO: Moscovo acusa Berlim de "histeria russofóbica"; "O mal voltou"

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia.

Notícias ao Minuto | 07:59 - 22/06/2022

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório