Meteorologia

  • 13 ABRIL 2024
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 29º

Líderes de França, Alemanha e Espanha condenam tiroteio em escola nos EUA

Pedro Sánchez apelou ao fim do "horror quotidiano nos Estados Unidos".

Líderes de França, Alemanha e Espanha condenam tiroteio em escola nos EUA
Notícias ao Minuto

11:14 - 25/05/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Tiroteio no Texas

Vários líderes mundiais já expressaram as suas condenações e apelos em torno do tiroteio escolar em Uvalde, no Texas, onde pelo menos 19 crianças e dois adultos foram mortas por um atirador. Depois de Volodymyr Zelensky e do Papa Francisco, foi a vez dos líderes da França, Alemanha e Espanha mostrarem a sua solidariedade.

Tanto Emmanuel Macron como Pedro Sánchez fizeram declarações mais ou menos diretas sobre a necessidade de travar a violência com armas de fogo nos Estados Unidos.

Através do Twitter, o presidente francês escreveu em inglês para considerar o tiroteio como um "ataque cobarde". "Partilhamos a mágoa e o luto do povo americano, e a raiva daqueles que lutam para acabar com a violência", afirmou Macron.

Já Pedro Sánchez citou e partilhou as declarações do treinador dos Golden State Warriors, Steve Kerr, que se insurgiu contra os legisladores no Senado que têm travado leis mais restritivas em torno da compra e porte de armas.

"Emocionado perante este novo massacre numa escola no Texas. Partilho este discurso de Steve Kerr. Há que parar este horror quotidiano nos EUA", disse Sánchez.

Já o chanceler alemão, Olaf Scholz, classificou o massacre como "inconcebível". "Notícias terríveis chegam-nos esta manhã de uma escola em Uvalde, Texas. Os nossos pensamentos estão com os feridos e os que estão em luto pelas vítimas desde massacre inconcebível, para o qual não se encontram palavras", lamentou o líder da Alemanha.

Um jovem de 18 anos entrou na terça-feira na escola primária Robb Elementary, em Uvalde, no Texas, disparando contra crianças e docentes. O atirador matou pelo menos 19 crianças e dois adultos, antes de ele próprio ser abatido pela polícia.

Leia Também: Secretário-geral da ONU considera "hediondo" tiroteio em escola do Texas

Recomendados para si

;
Campo obrigatório