Meteorologia

  • 15 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 27º

Grávida de 40 semanas escala paredes no dia previsto para o parto

Alpinista não quer parar e, apesar dos críticos, que condenam o facto de ter mantido a atividade desportiva ao longo de toda a gravidez, Shauna diz que é decisão sua parar ou não. 

Grávida de 40 semanas escala paredes no dia previsto para o parto

Shauna Coxsey tem 29 anos e é uma alpinista inglesa que participou nos Jogos Olímpicos de 2020. A atleta de grande sucesso no Reino Unido está grávida e entrou há dois dias na 40.ª semana de gravidez... a subir uma parede de escalada. Sim, leu bem. 

A inglesa não quer parar e, apesar dos críticos, que condenam o facto de ter mantido a atividade desportiva ao longo de toda a gravidez, Shauna diz que é decisão sua parar ou não. 

Na segunda-feira, dia em que estava previsto o nascimento do filho, a alpinista estava num dos seus sítios favoritos: o centro de escalada local, em Sheffield. 

Nas redes sociais, assinalou a data: "Perguntei-me se hoje seria a última vez que escalaria com esta barriga. Ainda não consigo acreditar como é bom mover-me na parede. Mesmo que precise de um empurrão e alguns cuidados extra aqui e ali. Eu estava super orgulhosa de mim neste primeiro movimento!"

Durante toda a gestação, Shauna escalou paredes e rochas e partilhou esses feitos no seu Instagram. Segundo conta ao jornal The Guardian, o 'bullying' online após a partilha de alguns desses vídeos foi de tal forma intenso que decidiu bloquear a possibilidade de comentar as publicações na rede social.

Com quase 450.000 seguidores no Instagram, a alpinista assumiu saber que a rede social “é um lugar onde vais ser criticado, independentemente do que digas”, no entanto, o facto de ter visto uma amiga a parar a sua atividade por conta dessas opiniões fê-la tomar uma decisão: a de não parar enquanto se sentisse bem.

“A ideia de que alguém deixou de fazer algo que absolutamente ama por causa do julgamento, é tão triste e isso ainda acontece", apontou. 

Shauna explicou que nem todas as mulheres conseguem manter este tipo de atividade durante a gestação, mas é importante partilhar exemplos positivos. "Não temos que nos sentar no sofá por nove meses", frisou.

A atleta concluiu ainda que o facto de manter a atividade durante a gestação faz com que se sinta bem e continue a testar os seus limites. "É divertido", apontou acrescentando que escalar grávida fez com que se apaixonasse ainda mais pelo desporto. 

Leia Também: Ginasta utilizou símbolo do exército russo no pódio suspenso por um ano

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório