Meteorologia

  • 26 JUNHO 2022
Tempo
22º
MIN 15º MÁX 22º

Maternidade em Mariupol destruída em ataques aéreos russos

Este foi apenas mais um dos bombardeamentos que as tropas russas têm efetuado sobre Mariupol nos últimos dias e do qual resultaram 17 feridos.

Maternidade em Mariupol destruída em ataques aéreos russos
Notícias ao Minuto

15:26 - 09/03/22 por Notícias ao Minuto com Lusa

Mundo Ucrânia/Rússia

Uma maternidade localizada na cidade portuária de Mariupol, no sul da Ucrânia, foi completamente destruída na sequência de bombardeamentos russos sobre a região, avançou a Câmara Municipal de Mariupol, citada pela Sky News.

"As forças de ocupação russas lançaram várias bombas sobre a maternidade. A destruição é colossal", salientou a mesma fonte.

De acordo com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, existem pessoas e "crianças debaixo dos escombros". Perante esta realidade, o chefe de Estado ucraniano fala de uma "atrocidade" cometida por Moscovo, numa publicação feita na rede social Twitter.

"Quanto tempo mais o mundo será cúmplice ignorando este terror? Fechem o espaço aéreo já", escreveu ainda Zelensky no Twitter. As autoridades locais disseram que estão ainda a tentar determinar quantas pessoas tinham sido mortas ou feridas neste ataque.

Pelo menos 17 adultos ficaram feridos no bombardeamento, segundo fonte oficial que adiantou não haver até agora registo de crianças entre as vítimas.

Este foi apenas mais um dos bombardeamentos que as tropas russas têm efetuado sobre Mariupol nos últimos dias, cidade que se encontra cercada pelas tropas invasoras. Uma situação que tem deixado milhares de pessoas em situação de escassez de alimentos, água e eletricidade.

De acordo com a Cruz Vermelha, a situação na cidade é verdadeiramente "apocalíptica". Segundo o vice-presidente da Câmara de Mariupol, cerca de 1.200 pessoas já terão morrido na sequência dos ataques de Moscovo sobre a cidade.

A cidade de Mariupol é uma das quais está, esta quarta-feira, a trabalhar no sentido de evacuar o maior número de civis, na sequência do "cessar-fogo temporário" anunciado pela Rússia. Até ao momento, ainda não existem informações que confirmem a saída, em segurança, de qualquer pessoa desta cidade, reporta a Sky News.

Leia Também: Mariupol sem água nem comida. Pessoas são enterradas em vala comum

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório