Meteorologia

  • 28 JUNHO 2022
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 26º

Só em 2021, 140 pessoas transgénero foram assassinadas no Brasil 

É o país onde mais pessoas transgénero são assassinadas. Vítima mais nova tinha 13 anos.

Só em 2021, 140 pessoas transgénero foram assassinadas no Brasil 
Notícias ao Minuto

12:00 - 28/01/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Transgénero

O Brasil é o país com o maior número de crimes cometidos contra pessoas transgénero pelo 13.º ano consecutivo. Segundo dados divulgados num relatório da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), em 2021, pelo menos 140 pessoas foram assassinadas no país.

O estado de São Paulo é o que concentra o maior número de vítimas - 25. Segue-se a Bahia com 13 e o Rio de Janeiro com 12. Os dados apontam que a maioria das vítimas tem entre 13 e 29 anos e “expressam o género feminino”.

Grande parte dos crimes ocorreu na via pública, durante a noite, de forma violenta. Por norma, os suspeitos não têm uma relação de proximidade com as vítimas. O relatório denuncia que as práticas policiais e judiciais se caracterizam pela falta de rigor na investigação, identificação e prisão dos suspeitos.

O número de assassínios pode ser maior devido à subnotificação de casos, alerta a Antra, que destaca ainda que como obstáculos a ausência de dados governamentais e a dificuldade de acesso a informações das autoridades/e ou órgãos de justiça.

Em relação ao ano passado, foram assassinadas menos 35 pessoas transgénero (175), mas o valor continua acima da média registada entre 2008 e 2021 (123,8 mortes).

Leia Também: Comunidade LGBT em Singapura lamenta retirada de anúncio com 'drag queen'

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório