Meteorologia

  • 22 MAIO 2022
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 23º

Portugal e não só. Ontem foi dia de recordes de novos casos na Europa

Contágios pela Covid-19, especialmente devido à variante Ómicron - menos virulenta, mas mais transmissível -, aumentaram exponencialmente de acordo com os dados revelados esta terça-feira. Se Portugal bateu o recorde diário, Espanha, França, Reino Unido e Itália seguiram-se.

Portugal e não só. Ontem foi dia de recordes de novos casos na Europa
Notícias ao Minuto

11:27 - 30/12/21 por Notícias ao Minuto

Mundo Covid-19

Num momento em que o mundo continua a enfrentar o novo coronavírus - agora com maior transmissibilidade devido à variante Ómicron -, houve diversos países que, esta quarta-feira, bateram máximos de novos casos registados em apenas 24 horas. Portugal - com 26.867 contágios - foi um deles

Ontem, apenas na região de Lisboa e Vale do Tejo foram contabilizadas 11.958 novas infeções. No Norte foram mais 9.069 e - também - os Açores atingiram um recorde, com mais 276 contágios. 

Houve ainda 12 mortes, sendo que cinco ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo, três no Centro, duas no Algarve, uma no Norte e uma na região autónoma da Madeira.

Com este 'cenário', Portugal situa-se na zona 'vermelha' escura da matriz de risco, com uma incidência a subir (é de 923,4 casos de infeção por SARS-CoV-2 por 100 mil habitantes), assim com o R(t) - é de 1,29 a nível nacional. 

E no resto da Europa? 

Não foi dia de máximos apenas em Portugal. Um pouco por toda a Europa, os recordes de novos casos foram reportados pelas respetivas autoridades de saúde, com Espanha, França, Reino Unido e Itália a 'juntarem-se' ao nosso país. 

Mesmo aqui ao lado, em Espanha, foram ontem contadas 100.760 infeções pelo novo coronavírus, registando assim novo recorde de casos diários (pelo nono dia consecutivo) desde o início da pandemia. Foi, também, a primeira vez que o país vizinho ultrapassou os 100 mil contágios apenas num dia. 

Já a incidência a 14 dias subiu 147 pontos, situando-se agora em 1.508 casos por 100 mil habitantes. No total, desde o início da pandemia, Espanha reportou 6.133.057 contágios, 89.331 dos quais resultaram em morte. 

Também ontem, a Comissão de Saúde Pública, formada pelo Ministério da Saúde e os diretores-gerais de Saúde Pública das Comunidades Autónomas, acordou encurtar o período de isolamento para pessoas infetadas com Covid-19 de dez para sete dias.

Em França, o ministro da Saúde, Olivier Véran, anunciou ontem que foram detetados 208 mil novos casos de Covid-19, um novo recorde no país, com os dados de hospitalizações a demonstrarem a eficácia da vacinação.

A França voltou, assim, a registar um novo máximo diário acima de 200 mil casos, seguindo-se aos 180 mil casos de terça-feira, números que só são atenuados, segundo as autoridades francesas, porque 90% da população adulta está vacinada.

De lembrar que a polícia municipal de Paris anunciou, na noite desta quarta-feira, novas regras para travar o crescimento de casos de Covid-19 potenciados pela variante Ómicron. Na sexta-feira, véspera de ano novo, o uso de máscara passa a ser obrigatório na capital francesa e os bares encerram às 2h00. Serão também colocadas patrulhas nas ruas para controlar as festas.

Já o Reino Unido voltou (também) ontem a quebrar um recorde, ao somar mais de 183 mil casos de infeção pelo novo coronavírus (183.037). Os números incluem, contudo, dados dos últimos cinco dias da Irlanda do Norte, cujos relatórios estavam em atraso devido à quadra natalícia. 

Há ainda a registar mais 53 mortes atribuídas à Covid-19. No total, desde o início da pandemia, o Reino Unido acumula 12.559.926 contágios e 148.089 óbitos.

De salientar que o primeiro-ministro, Boris Johnson, adiantou que cerca de 90% dos infetados nos Cuidados Intensivos são pessoas sem a dose de reforço da vacina contra a Covid-19. 

Por fim, Itália. À imagem do que aconteceu noutros países, também Itália voltou esta quarta-feira a registar um novo máximo de novos casos de infeção pelo novo coronavírus. Foram diagnosticados, no último dia, 98.030 novos contágios.

De acordo com os dados das autoridades, nas últimas 24 horas, morreram mais 148 pessoas no país. Itália tem atualmente 674.865 casos positivos da Covid-19, um valor que disparou nos últimos dias devido à disseminação da variante Ómicron.

Leia Também: AO MINUTO: 30 mil chamadas sem resposta no SNS24; João Félix infetado

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório