Meteorologia

  • 24 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 6º MÁX 14º

Edição

EUA. Bilionário que comprava arte roubada obrigado a devolver 180 peças

Michael Steinhardt é um dos maiores colecionadores de arte antiga do mundo e não tinha particular interesse sobre a origem dos objetos que adquiria.

EUA. Bilionário que comprava arte roubada obrigado a devolver 180 peças

O norte-americano Michael Steinhardt comprava objetos muito valiosos de arte antiga sem, muitas vezes, questionar a sua aquisição por parte do vendedor. Após investigação, viu-se obrigado a devolver 180 peças que tinham sido compradas ilegalmente.

Os objetos de arte que o bilionário tinha em sua posse foram roubados de 11 países diferentes e estão avaliados no valor aproximado de 62,3 milhões de euros, segundo um comunicado emitido ontem pelo do Ministério Público de Manhattan, nos Estados Unidos. 
 
Michael Steinhardt, de 81 anos, está agora proibido de adquirir outras peças de arte antiga, tendo assinado um acordo com o Ministério Público.

A investigação permitiu descobrir que havia 12 redes de tráfico de artigos antigos relacionadas com a comercialização das peças que serão agora devolvidas à Bulgária, Egito, Grécia, Iraque, Israel, Itália, Jordânia, Líbano, Síria e Turquia.

Leia Também: Detido em Portugal. Água lusa atraiçoa artista que falsificava arte

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório