Meteorologia

  • 23 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Bloqueio da lei de controlo de armas após morte de jovens em tiroteio

Senador republicano decidiu bloquear a lei de controlo de armas após vários adolescentes terem sido vítimas mortais na sequência de um tiroteio na escola de Michigan.

Bloqueio da lei de controlo de armas após morte de jovens em tiroteio
Notícias ao Minuto

12:23 - 03/12/21 por Notícias ao Minuto 

Mundo Tiroteios EUA

O senador de Iowa Chuck Grassley, principal republicano do comité judiciário do Senado, bloqueou um pedido feito na quinta-feira para prosseguir com a legislação de controlo de armas no Senado, após o tiroteio que ocorreu esta semana na escola de Michigan.

De acordo com o The Guardian, o senador Chris Murphy, principal defensor do controlo de armas, solicitou na quinta-feira consentimento unânime para aprovar a Lei de Verificações de Antecedentes Aprimoradas de 2021.

Esta lei exigiria novas verificações de antecedentes para transferências de armas entre particulares, bem como extensão de 10 dias para revisão de compras e transferências de armas.

“Quero dizer por que estou a fazer este pedido. Eu entendo que exista pouca probabilidade de sucesso, mas espero que muitos dos meus colegas tirem um minuto para assistir ao vídeo gravado com telemóvel do tiroteio na escola em Michigan”, disse Murphy.

A legislação, aprovada em março, também proíbe que uma arma de fogo seja transferida entre indivíduos, a menos que seja feita uma verificação de antecedentes por parte do revendedor ou fabricante autorizado.

Do tiroteio, ocorrido terça-feira, que vitimou Tate Myre, resultaram outras mortes de alunos e vários feridos.

Leia Também: Tate Myre morreu no tiroteio no Michigan a tentar proteger colegas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório