Meteorologia

  • 23 JANEIRO 2022
Tempo
10º
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Pfizer pede autorização à FDA para reforço em pessoas com 16 e 17 anos

Nos EUA, as vacinas foram autorizadas em adolescentes em maio. Isto significa que muitos se encontram já perto do sexto mês após a toma da vacina, o que indica uma quebra na imunidade. 

Pfizer pede autorização à FDA para reforço em pessoas com 16 e 17 anos

A farmacêutica Pfizer planeia pedir autorização à Food and Drug Administration (FDA) -  autoridade do medicamento norte-americana - para que se comece a administrar doses de reforço da vacina em jovens com 16 e 17 anos, avança a ABC News. 

Atualmente, nos EUA, as doses de reforço estão autorizadas a maiores de 18 anos. Se a autoridade do medicamento autorizar, passará a ser possível vacinar com reforço a partir dos 16 anos. 

Nos EUA, as vacinas foram autorizadas em adolescentes em maio. Isto significa que muitos se encontram já perto do sexto mês após a toma da vacina, o que indica uma quebra na imunidade. 

Numa altura em que a variante Ómicron começa a estar um pouco por todo o globo, aumentam as preocupações para que a população esteja o mais protegida possível, e isso passa pelas terceiras doses das vacinas contra a Covid-19. 

Esta segunda-feira, o presidente dos EUA, Joe Biden, afirmou que "não há motivo para pânico" com a disseminação da variante Ómicron do coronavírus e pediu aos norte-americanos para serem vacinados ou receberem a dose de reforço.

Leia Também: Johnson & Johnson já está a desenvolver vacina contra variante Ómicron

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório