Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2021
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

"Uma distração". Ardern mantém a calma perante sismo durante conferência

Primeira-ministra da Nova Zelândia estava a ser questionada por uma jornalista quando a terra tremeu. A sua reação já valeu elogios. Já não é a primeira vez que algo idêntico acontece.

Jacinda Ardern, a primeira-ministra da Nova Zelândia, é de novo notícia pelas suas capacidades imperturbáveis - que nem um sismo de magnitude 5.9 conseguem abalar. Tudo aconteceu esta sexta-feira, quando, durante uma conferência de imprensa da governante sobre os novos planos de vacinação contra a Covid-19 no país, a terra tremeu. 

O tremor de terra começou a meio da pergunta de uma jornalista a Ardern, com a chefe do governo a segurar-se ao pódio que tinha à sua frente. Depois, impenetrável, voltou-se para a repórter: "Ah, desculpe, houve uma pequena distração. Importa-se de repetir a questão?" 

A reação de Jacinda Ardern está a valer-lhe inúmeros elogios dos mais diversos quadrantes nas redes sociais, onde vídeos do momento estão já a circular. 

O sismo de hoje foi sentido na capital, Wellington, e em zonas próximas, tendo sido notado por cerca de 25 mil pessoas, de acordo com a organização GeoNet. Não houve feridos nem danos a registar. 

Recorde-se que esta não foi a primeira vez que um tremor de terra 'apanhou' a governante. Em maio de 2020, Ardern dava uma entrevista em direto a partir do Parlamento quando a região foi abalada por um sismo de magnitude 5.6 na escala de Richter.

Veja, na galeria acima, o momento hoje protagonizado por Jacinda Ardern. 

Leia Também: Nova Zelândia abandona a estratégia de eliminação total da Covid-19

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório