Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2021
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

Marine Le Pen promete acabar com energias renováveis se for eleita

A presidente do partido de extrema-direita Frente Nacional disse que as energias renováveis são "intermitentes" e que, se for eleita, desmantelará todos os parques eólicos. A ministra do Ambiente já reagiu, indicando que Marine Le Pen conduziria França a "um apagão".

Marine Le Pen promete acabar com energias renováveis se for eleita

A líder de extrema-direita francesa Marine Le Pen disse esta quinta-feira que, se for eleita no próximo ano, irá cessar os apoios a energias renováveis e acabar com a construção de parques eólicos.

"Eólica e solar, estas energias não são renováveis, são intermitentes. Se eu for eleita, acabarei com a construção de novos parques eólicos e lançarei um grande projeto para os desmantelar", disse, em entrevista à rádio RTL, citada pela Reuters.

A candidata presidencial acrescentou que cessará todos os apoios às energias eólica e solar.

Paralelamente, Le Pen sublinhou que irá apoiar a indústria da energia nuclear francesa, permitindo a construção de vários novos reatores e apoiando a construção de pequenos reatores modulares (Small Modular Reactor, SMS), conforme foi proposto por Emmanuel Macron.

A atual ministra do Ambiente francesa, Barbara Pompili, já reagiu às declarações da líder de extrema-direita. "Desmantelar os parques eólicos de França iria cortar, pelo menos, 8% da nossa produção elétrica", escreveu, através do Twitter, acrescentando que "a senhora Le Pen conduziria a população francesa "a um apagão", afirmou.

Leia Também: Líbano. França "preocupada" com incidentes apela ao apaziguamento

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório