Meteorologia

  • 28 OUTUBRO 2021
Tempo
20º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

Nigéria: 35 aldeões mortos por "bandidos" no noroeste

Pelo menos 35 pessoas foram mortas por ladrões de gado em cinco aldeias no estado de Zamfara, no noroeste da Nigéria, anunciou hoje a polícia.

Nigéria: 35 aldeões mortos por "bandidos" no noroeste
Notícias ao Minuto

14:29 - 10/07/21 por Lusa

Mundo Nigéria

"Trinta e cinco pessoas foram mortas pelos bandidos em cinco aldeias", afirmou à agência France-Presse (AFP) um porta-voz da polícia regional, Mohamed Shehu.

Testemunhos de residentes indicam 43 mortos nos ataques realizados na quinta-feira por saqueadores e ladrões de gado, que as autoridades geralmente qualificam de "bandidos".

Deslocando-se de mota, os "bandidos" realizaram ataques coordenados contra as aldeias de Gidan Adamu, Tsauni, Gidan Baushi, Gidan Maidawa e Wari no distrito de Maradun, matando os aldeões e incendiando as suas casas.

"Os atacantes conseguiram abandonar as aldeias antes da chegada das forças de segurança, que demoraram devido à má qualidade das estradas", explicou Mohamed Shehu.

Danladi Sabo, um residente numa das aldeias atacadas, disse à AFP que foram encontrados "43 cadáveres [...] e sete pessoas feridas".

Os mortos foram enterrados na sexta-feira e os feridos transportados para um hospital em Gusau, a capital provincial, adiantou.

O noroeste e o centro da Nigéria são regularmente aterrorizados por bandos de saqueadores e de ladrões de gado que atacam as aldeias isoladas.

Na quarta-feira, 18 pessoas foram mortas por "bandidos" na aldeia de Tsauwa, no estado vizinho de Katsina. Em junho, 56 aldeões tinham sido mortos em seis povoações do distrito de Zurli, no estado de Zamfara.

Leia Também: Sete estudantes e dois professores libertados após um mês de cativeiro

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório