Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

Iémen: Arábia Saudita dá 50 milhões de euros à ONU para apoio

A Arábia Saudita, um dos protagonistas do conflito no Iémen, deu 50 milhões de euros ao Programa Alimentar Mundial (PAM) para ajudar o país atingido pela pior crise humanitária do mundo, anunciou hoje esta agência da ONU.

Iémen: Arábia Saudita dá 50 milhões de euros à ONU para apoio
Notícias ao Minuto

15:36 - 01/07/21 por Lusa

Mundo ONU

Num comunicado, o PAM saúda "a contribuição de 60 milhões de dólares do centro de ajuda humanitária do rei Salman (KSrelief) para ajudar a dar resposta às necessidades urgentes de alimentação no Iémen".

O anúncio ocorre numa altura em que Riade é criticado pela comunidade internacional pelo seu papel no conflito no Iémen.

"Assistimos atualmente a uma deterioração preocupante da situação alimentar no Iémen, que atingiu níveis nunca vistos, com cinco milhões de pessoas à beira da fome", indicou o diretor do PAM, David Beasley, citado no comunicado.

Segundo o PAM, cerca de 50.000 pessoas já são afetadas pela fome no Iémen, onde os preços dos alimentos subiram até 200% em relação ao período anterior à guerra. Cerca de 80% dos iemenitas dependem de ajuda internacional.

O Iémen é palco de uma guerra civil desde 2014, quando os Huthis apoiados pelo Irão tomaram a capital, Sanaa, forçando o Governo reconhecido internacionalmente ao exílio. No ano seguinte o conflito passou a contar com a participação de uma coligação internacional dirigida pela Arábia Saudita em apoio do governo.

A guerra já matou mais de 130.000 pessoas e provocou milhões de deslocados.

Leia Também: Ativista saudita Nassima al-Sada libertada, anuncia Amnistia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório