Meteorologia

  • 21 SETEMBRO 2021
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Médicos desaconselham viagens a destinos com predominância Delta

A Associação Médica Alemã (Bundesärtztekammer) desaconselhou hoje viagens até áreas com predominância da variante delta, numa altura em que o país se prepara para reabrir as fronteiras a cidadãos de fora da União Europeia.

Médicos desaconselham viagens a destinos com predominância Delta
Notícias ao Minuto

17:26 - 23/06/21 por Lusa

Mundo Alemanha

Em declarações feitas hoje ao grupo de 'media' Funke, o presidente desta associação, Klaus Reinhardt, pediu que "áreas particularmente afetadas pela variante delta" sejam "evitadas".

Com a diminuição progressiva de novos casos, a Alemanha vai reabrir, na sexta-feira, as fronteiras a todos os provenientes de países de fora da União Europeia.

Mantém-se, ainda assim, a proibição de entrada a quem chegue de "áreas com variantes alvo de preocupação".

Países como a Índia ou o Reino Unido fazem parte desta lista. Apenas residentes ou cidadãos alemães estão autorizados a entrar, mas com a obrigatoriedade de quarentena de 14 dias, mesmo se apresentado um teste negativo ou comprovativo de vacina tomada.

Klaus Reinhardt concorda que, a médio prazo, a variante delta vai prevalecer, mesmo na Alemanha que contabiliza, nesta altura, 6% a 7% do total de casos.

O presidente da Associação Médica Alemã acredita ainda que o número de novas infeções voltará a crescer no final do verão. Uma quarta vaga irá depender da velocidade da campanha de vacinação. Nesta altura, mais de 30% dos residentes na Alemanha já receberam as duas doses da vacina.

Lothar Wieler, diretor do Instituto Robert Koch (RKI, na sigla em alemão), já tinha sublinhado na sexta-feira que "não está em causa se a variante será dominante, mas sim quando".

Para fazer face ao expectável número crescente de casos da variante delta, o infeciologista do hospital Charité, Christian Drosten, apelou a uma rápida vacinação.

"É isso que precisamos de fazer agora", sublinhou hoje na NDR-Info.

Na terça-feira, alguns estados federados reportaram a proporção de casos desta variante.

Em Hesse, por exemplo, a percentagem já ultrapassa os 20%, enquanto na Baviera o número quase duplicou numa semana, de 132 para 229 casos.

De acordo com o RKI, a Alemanha contabilizou nas últimas 24 horas mais 1.016 novos casos de covid-19, e 51 vítimas mortais.

Leia Também: AO MINUTO: Regras em LVT a "manter"; Delta Plus? "Não é tão contagiosa"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório