Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2021
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Pescador engolido e cuspido por baleia? Médico duvida e explica porquê

Parecia um pequeno milagre, digno das aventuras de Moby Dick, mas poderá não ser exatamente verdade. Alguns especialistas lançam dúvidas sobre a veracidade do incidente.

Pescador engolido e cuspido por baleia? Médico duvida e explica porquê

Michael Packard, o norte-americano de 57 anos que disse ter sido engolido por uma baleia e cuspido de seguida, na manhã da passada sexta-feira, está a ser colocado em causa por especialistas ouvidos pelo New York Post.

O pescador de lagostas, que indicou estar a mergulhar em Cape Cod, Massachusetts, quando o incidente aconteceu: foi engolido por uma baleira, ficou "tudo completamente escuro" durante alguns segundos, e depois foi regurgitado à superfície. No mesmo dia, recebeu tratamento num hospital local. Um dos médicos expressou ceticismo em relação à história que ouviu - não só ele, mas a imprensa mundial, uma vez que a notícia acabou por ser reproduzida por jornais como o Washington Post ou a BBC.

"Ele disse que, alegadamente, foi regurgitado de uma profundidade de 45 pés [13,7 metros] entre 20 a 40 segundos e não susteve qualquer espécie de barotrauma?", questionou o médico do atendimento de urgência, que preferiu manter o anonimato.

Barotrauma, sublinhe-se, é qualquer lesão do tecido provocada por uma mudança de pressão no interior do organismo.

De acordo com o especialista, uma pessoa que tivesse sobrevivido a semelhante trauma deveria apresentar ferimentos bastante mais graves, como perda de audição, por causa da mudança súbita na pressão da água. O homem, no entanto, recebeu alta no mesmo dia, apenas horas após o incidente, sofrendo apenas lesões superficiais, como que por milagre.

Alguns pescadores ouvidos pelo jornal também duvidam da história. "As pessoas que estão na indústria da pesca, e pessoas que conhecem baleias, acham isto muito difícil de acreditar. Seria a primeira vez que tal aconteceria", disse um pescador que trabalha na mesma área há 44 anos.

O jornal tentou contactar Packard, para obter uma reação, mas sem sucesso. 

Leia Também: Pescadores encontram fortuna de 1,2 milhões em carcaça de cachalote

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório