Meteorologia

  • 25 OUTUBRO 2021
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 23º

Edição

Tailândia anuncia quase 5 mil novos casos, mais de metade em prisões

As autoridades tailandesas anunciaram hoje quase 5 mil casos de covid-19, mais de metade dos quais descobertos nas prisões sobrelotadas de Banguecoque.

Tailândia anuncia quase 5 mil novos casos, mais de metade em prisões
Notícias ao Minuto

06:38 - 13/05/21 por Lusa

Mundo Covid-19

O país asiático assistiu ao seu pior surto desde o início da pandemia nas últimas semanas e hoje registou 32 mortes, elevando o número total de casos para quase 95.000 infetados e 518 mortos.

O Departamento de Correções tailandês admitiu numa declaração no dia anterior que mais de 2.800 prisioneiros tinham contraído covid-19 em duas prisões da capital.

As autoridades ordenaram a criação de um hospital de campanha temporário e de um centro de quarentena para tratar os prisioneiros, que serão inoculados com a vacina contra a covid-19, disse o diretor do Departamento de Correções, Aryut Sinthoppan.

O surto nas prisões foi criticado pela organização não-governamental Human Rights Watch (HRW), que recordou ao Governo tailandês a sua obrigação de "proteger a saúde" de todos os detidos e apelou à libertação dos prisioneiros com delitos menores.

"Para além da prestação de cuidados médicos e testes de vírus, as autoridades devem reduzir a população através da libertação supervisionada de detidos sob acusações de motivação política ou por delitos menores, ou que enfrentam um risco acrescido para as condições de saúde", disse o diretor da HRW na Ásia, Brad Adams.

Entre os infetados nas prisões encontram-se vários estudantes ativistas que permaneceram em prisão preventiva sob acusação de lese à majestade, que a Tailândia pune com três a 15 anos de prisão.

Alguns dos quais foram libertados na terça-feira com fiança.

A Tailândia -- país com quase 70 milhões de pessoas - começou a vacinar contra a covid-19 em 28 de fevereiro, mas até agora só inoculou cerca de 1,8 milhões de pessoas com pelo menos uma dose e pouco mais de 500.000 pessoas com o regime completo.

O país implementou várias medidas, tais como o encerramento de bares e estabelecimentos de vida noturna, para tentar controlar este ressurgimento, ligado à propagação da chamada estirpe britânica do vírus.

Leia Também: AO MINUTO: Festejos? Risco de descontrolo de casos "é baixo"; Rt subiu

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório