Meteorologia

  • 18 MAIO 2021
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 24º

Edição

Caso Floyd. Presidente dos EUA "aliviado" com decisão do julgamento

Joe Biden e Kamala Harris telefonaram à família de George Floyd, logo após o tribunal ter anunciado que Derek Chauvin era considerado culpado pela morte do afro-americano

Caso Floyd. Presidente dos EUA "aliviado" com decisão do julgamento

Joe Biden e Kamala Harris telefonaram à família de George Floyd, logo após o tribunal ter anunciado que Derek Chauvin era considerado culpado pela morte do afro-americano e o Presidente dos Estados Unidos terá mesmo dito estar "tão aliviado" com a decisão.

Biden garantiu à família da vítima que irá trabalhar no avanço da legislação de reforma da polícia: “Vamos focar-nos nisso até terminarmos", assegurou.

O presidente dos Estados Unidos considerou ainda que a condenação do antigo agente da polícia é "importante" e "incrível" e que vai trazer mudanças no mundo e na justiça.


Em conversa telefónica, o Presidente norte-americano transmitiu à família desejos de "que se sintam melhor agora".

Apesar de reconhecer que nada vai mudar o que aconteceu ou curar o sofrimento, Joe Biden considerou que "pelo menos há alguma justiça" e que o mundo "começa a mudar agora".

Kamala Harris concordou tratar-se de "justiça na América" e mostrou admiração pela "coragem da família inteira" e por tudo o que "sacrificou", declarando que a família Floyd foi "líder" em exigir justiça e não aceitar derrotas.

"A vossa família mostrou serem verdadeiros líderes neste momento em que precisamos", disse Kamala Harris.

"Em nome e memória de George", a vice-Presidente dos EUA prometeu manter o "legado intacto".

O presidente e a vice-presidente assistiram à leitura do veredito na Casa Branca. À CNN, fonte da administração Biden descreveu a reação do presidente e da vice-presidente como uma "exalação" e uma "sensação de alívio".

O advogado da família de Floyd, Ben Crump, confirmou a notícia e agradeceu o apoio.

Já a presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, já tinha falado com a família de George Floyd antes da decisão, tendo-lhes agradecido pela sua "dignidade". 

"Obrigado George Floyd por sacrificar a sua vida pela justiça. Seu nome sempre será sinónimo de justiça", declarou.

Entretanto, através do Twitter, também o antigo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama reagiu à decisão do tribunal, escrevendo que "o júri fez a coisa certa".

"Hoje, um júri fez a coisa certa. Mas a verdadeira justiça exige muito mais", declarou. "A Michelle e eu enviamos as nossas orações à família Floyd e apoiamos todos aqueles que estão comprometidos em garantir a cada americano a medida total de justiça que a George e a tantos outros foi negado."

O ex-agente policial norte-americano Derek Chauvin foi hoje considerado culpado de todas as acusações no julgamento do homicídio do afro-americano George Floyd: homicídio em segundo grau, homicídio em terceiro grau e homicídio por negligência.

Como não tem antecedentes criminais, Chauvin deverá cumprir um máximo de 12 anos e meio de prisão por cada uma das duas primeiras acusações e a quatro anos de prisão pela terceira.

Chauvin tinha declarado inocência em todas as acusações, apesar de ter sido filmado a segurar o joelho em cima do corpo de George Floyd, que repetia a frase que se tornou icónica dos milhares de protestos que se seguiram, "I can't breathe" ("Não consigo respirar").

[Notícia atualizada às 23h43]

Leia Também: Família de George Floyd: "A justiça dolorosamente conquistada chegou"

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório