Meteorologia

  • 11 AGOSTO 2022
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 26º

Boulder: Algemas de polícia morto usadas para levar atirador para cadeia

A polícia de Boulder homenageou assim o agente Eric Talley, o primeiro a chegar ao local do tiroteio.

Boulder: Algemas de polícia morto usadas para levar atirador para cadeia
Notícias ao Minuto

23:38 - 25/03/21 por Notícias ao Minuto

Mundo Tiroteio em Boulder

Num gesto simbólico, a polícia de Boulder, no estado norte-americano do Colorado, usou as algemas do agente assassinado no tiroteio num supermercado para levar o atirador do hospital para a cadeia, de acordo com a CNN.

Na sequência do tiroteio desta segunda-feira o suspeito Ahmad Al Aliwi Alissa foi ferido e, após ser detido, teve de ser transportado para o hospital.

Quando estava pronto para ser levado para a cadeia e estava formalmente sob custódia, foi algemado com as algemas do agente Eric Talley, uma das 10 pessoas que Alissa matou.

“Esta semana vários polícias de Boulder e outros dirigiram-se ao hospital local para formalmente colocarem sob custódia o suspeito do tiroteio. Quando o fizeram, os agentes informaram-no que as algemas usadas eram do agente Eric Talley. O suspeito foi depois levado para a cadeia”, relata o departamento de polícia de Boulder no Twitter.

“Foi uma honra usar as algemas do agente Talley para formalmente levá-lo para a cadeia. Embora tenha sido um gesto pequeno, esperamos que seja o início do processo de recuperação que muitos de nós precisam neste momento”, acrescentou a polícia de Boulder, que também publicou uma fotografia das algemas.

Eric Talley, de 51 anos, tinha sete filhos. Foi o primeiro polícia a chegar ao local do tiroteio. A chefe da polícia de Boulder, Maris Herold, elogiou a sua coragem por ter entrado no supermercado consciente do perigo.

“Estava disposto a morrer para proteger outros”, salientou Herold, vincando ainda que Talley representava tudo aquilo que se precisa num polícia.

Notícias ao MinutoEric Talley foi uma das 10 vítimas mortais do tiroteio© Boulder Police Department

Alissa foi acusado de 10 crimes de homicídio em primeiro grau e de um crime de tentativa de homicídio. Esta quinta-feira foi presente a tribunal e um procurador disse ao juiz que conta apresentar mais acusações contra o atirador nas próximas semanas.

Leia Também: Atirador do massacre do Colorado vai permanecer em prisão preventiva

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório