Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2021
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

Covid-19: Alemanha suspende uso da vacina da AstraZeneca

O Governo alemão disse hoje que vai suspender o uso da vacina contra o novo coronavírus da AstraZeneca, por causa de novos relatos de coágulos sanguíneos perigosos relacionados com este fármaco.

Covid-19: Alemanha suspende uso da vacina da AstraZeneca
Notícias ao Minuto

15:11 - 15/03/21 por Lusa

Mundo Covid-19

A Alemanha junta-se à Noruega, a Áustria, Estónia, Lituânia, Letónia, Luxemburgo e Dinamarca, que já interromperam o uso da vacina da AstraZeneca, após a deteção de casos graves de coágulos sanguíneos em pessoas que foram vacinadas com doses da AstraZeneca.

O Ministério da Saúde alemão disse que a decisão foi tomada a título de "precaução" e a conselho do organismo regulador de vacinas da Alemanha, o Instituto Paul Ehrlich, que pediu uma investigação mais aprofundada dos casos detetados.

Em comunicado, o Ministério disse que a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) decidirá "se e como as novas informações afetarão a autorização da vacina".

No comunicado, o Ministério da Saúde alemão explicou que os coágulos sanguíneos relatados envolveram veias cerebrais, mas não especificou onde ou quando os incidentes ocorreram.

A AstraZeneca já disse que não há motivo para preocupação com a sua vacina e que houve menos casos de trombose relatados nas pessoas que receberam a injeção do que na população em geral.

No mesmo sentido, a Agência Europeia de Medicamentos e a Organização Mundial de Saúde (OMS) confirmaram que os dados disponíveis não sugerem que a vacina da AstraZeneca tenha causado os coágulos e que as pessoas podem continuar a ser imunizadas com esse fármaco.

De acordo com o Centro Europeu para Prevenção e Controlo de Doenças, a Alemanha recebeu pouco mais de três milhões de doses da vacina AstraZeneca e usou apenas 1,35 milhão de doses, até agora.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.654.089 mortos no mundo, resultantes de mais de 119,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: Mais de 10 países já suspenderam vacina da AstraZeneca "por precaução"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório