Meteorologia

  • 30 JULHO 2021
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 27º

Edição

AO MINUTO: AstraZeneca? Portugal mantém vacina, Países Baixos suspendem

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: AstraZeneca? Portugal mantém vacina, Países Baixos suspendem

O plano de desconfinamento já foi apresentado por António Costa - recorde aqui as datas e as medidas que dele constam - e, foi agora publicado em Diário da República, que os centros de dia podem reabrir a partir de 5 de abril, em Portugal Continental.

Recorde-se que, sobre as vacinas contra a Covid-19, Áustria, República Checa, Eslovénia, Bulgária e Letónia pediram uma reunião "o mais rápido possível" entre os 27 da União Europeia (UE) sobre as disparidades na distribuição, de acordo com uma carta ontem publicada.

Portugal somou, nas últimas 24 horas, mais 541 novos casos e 15 mortes relacionados com a Covid-19, indicou o boletim epidemiológico da DGS divulgado este domingo. No total, o país regista 814.257 infetados e 16.684 óbitos.

Consulte nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no Mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

00h00 - Termina aqui o registo deste domingo. De manhã publicaremos um novo artigo no qual vai poder continuar a acompanhar os principais desenvolvimentos da pandemia em Portugal e no Mundo. E, não se esqueça: se sentir sintomas relacionados com o coronavírus ligue para a Linha SNS24 - 808 24 24 24.

23h24 - Os Países Baixos suspenderam hoje, por precaução, a vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca, até 28 de março, depois de se terem registado "possíveis efeitos secundários" na Dinamarca e na Noruega. Para o ministro da saúde holandês, Hugo de Jonge, citado no comunicado, "a questão crucial é de saber se são queixas depois da vacinação ou devido à vacinação".  

22h11 - O Brasil informou, este domingo, que foram reportados no país mais 1.127 óbitos e 43.812 novos contágios de Covid-19, nas últimas 24 horas. A par do dia de ontem, os números registados hoje representam uma quebra significativa, sendo que no sábado foram reportados 76.178 novos casos e 1.997 óbitos associados à doença, depois de três dias consecutivos a serem contabilizados mais de duas mil mortes por dia devido ao novo vírus. No total, o país passa contar, agora, com 278.229 vítimas mortais e 11.483.370 infetados, desde o início da pandemia. 

21h48 - O presidente da Aliança Global para as Vacinas disse hoje esperar que a vacinação contra a Covid-19 contribua para reabrir a economia de Cabo Verde, país que já tem quase 30 mil vacinas para iniciar a campanha. "Espero e desejo que esta vacinação contribua para a reabertura da economia de Cabo Verde, para o progresso social e económico do vosso país", disse José Manuel Durão Barroso, numa comunicação via videoconferência, a partir de Lisboa, no âmbito do ato oficial da chegada das primeiras vacinas ao país, que decorreu presencialmente na cidade da Praia.

21h16 - A Madeira tem hoje mais 43 novos casos de Covid-19, todos de transmissão local, e 47 recuperados, diz o boletim da Direção Regional de Saúde (DRS). O arquipélago contabiliza, assim, desde o início da pandemia, 7.878 casos confirmados e 7.117 doentes recuperados do novo coronavírus, 67 óbitos associados à doença e 694 situações ativas. De acordo com a DRS, são 694 os casos ativos, dos quais 15 são importados e 679 de transmissão local.  

21h00 - Cabo Verde registou mais 66 novos casos positivos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas e conta agora com um total de 16.101 infetados acumulados desde 19 de março de 2020, anunciou hoje o Ministério da Saúde. No habitual boletim epidemiológico, aquele ministério cabo-verdiano adiantou que nas últimas 24 horas os laboratórios de virologia analisaram 467 amostras e encontraram 66 casos positivos do novo coronavírus, numa taxa de positividade de 14,1%.

20h57 - O Ministério da Saúde de Moçambique anunciou hoje três mortes por Covid-19 e 220 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim de atualização diária sobre a pandemia. As três vítimas mortais são de nacionalidade moçambicana, com idades entre os 39 e 64 anos, e os óbitos foram declarados na quinta-feira, sábado e hoje. O número de casos recuperados hoje anunciado foi de 556, mais que o dobro das novas infeções.

20h51 - Após vários países europeus terem suspendido a administração da vacina da AstraZeneca, a Direção-Geral de Saúde e o Infarmed referem que "até ao momento não há evidência" suficiente no país que justifique uma suspensão. "A DGS e o INFARMED, I.P. informam que, com base nos dados atualmente disponíveis e enquanto decorre a investigação, se mantém válida a informação emitida, podendo a vacina continuar a ser administrada", pode ler-se num comunicado enviado às redações.

20h29 - A Ação Cooperativista alertou hoje que o novo 'plano de desconfinamento' do Governo pode significar novamente uma falsa retoma para o setor da Cultura e lamentou que os apoios anunciados em janeiro ainda estejam por atribuir. Para a Ação Cooperativista, num comunicado hoje divulgado, o 'plano' anunciado pelo primeiro-ministro na quinta-feira, "replica o aplicado em março de 2020, suscitando dúvidas se terá havido grande aprendizagem sobre tudo o que, entretanto, se viveu".

20h26 - A Guiné-Bissau registou mais 11 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo dados hoje divulgados pelo Alto Comissariado para a Covid-19. Segundo os dados, referentes a sábado, subiu para um total acumulado de 3.447. Os dados indicam que há 634 casos ativos no país e mais 11 pessoas foram dadas como recuperadas para um total acumulado de 2.755. 

20h11 - Angola registou, nas últimas 24 horas, 57 casos novos de infeção com o movo coronavírus, um óbito e dois doentes recuperados, segundo o boletim epidemiológico da Direção Nacional de Saúde Pública. Tratam-se de 35 pessoas do sexo masculino e 22 do sexo feminino.  

19h27 - França anunciou hoje um agravamento da sua taxa de incidência de Covid-19 (238 casos por cada 100 mil habitantes) e um aumento da ocupação nos cuidados intensivos, de 81,6%, acima das 4.000 camas. De acordo com os dados divulgados pelo Governo francês, o número de novos infetados caiu ligeiramente face a sábado, para 26.343, atingindo um total de 4,07 milhões de contagiados desde o início da pandemia. O número de mortos aumentou em 140, totalizando 90.429.  

18h10 - Cabo Verde recebeu hoje 5.850 doses da vacina da Pfizer contra a Covid-19, que se juntam às 24 mil da AstraZeneca, para iniciar a vacinação em 19 de março, esperando cobrir 70% da população este ano.

17h58 - O primeiro-ministro. António Costa, agradeceu hoje às equipas clínicas luxemburgueses que trabalharam no combate à Covid-19 no Hospital Espírito Santo, em Évora, considerando que essa ajuda sublinha a fraternidade entre Portugal e Luxemburgo. "Obrigado às equipas médicas luxemburguesas que trabalharam no Hospital de Évora durante a terceira vaga da pandemia" em Portugal, escreveu António Costa na sua conta pessoal na rede social Twitter.

Agradeceu também o trabalho de uma equipa de saúde de França no combate à Covid-19 no Hospital Garcia de Orta, em Almada, destacando a solidariedade francesa num momento difícil da pandemia em Portugal.

17h25 - O matemático Óscar Felgueiras, um dos especialistas convidados pelo Governo para aconselhar sobre o plano de desconfinamento no âmbito da pandemia de Covid-19, considerou hoje impossível manter o índice de transmissibilidade (Rt) do vírus SARS-CoV-2 sempre abaixo de 1.  "Não devemos ter o Rt acima de 1. É óbvio que isso é impossível ser atingido de forma permanente. A certa altura vamos ter poucos casos e basta uma pequena variação para termos necessariamente o Rt acima de 1, mas o objetivo é claro: queremos uma incidência baixa", acentuou o especialista em epidemiologia, durante a iniciativa integrada nas comemorações do Dia Internacional da Matemática.

17h12 - A polícia de Haia, nos Países Baixos, dispersou centenas de protestantes que se manifestavam hoje, véspera de eleições gerais, contra o Governo e as medidas restritivas para conter a propagação de Covid-19. A polícia de Haia, sede do Governo dos Países Baixos, informou, através da rede social Twitter, que destacou agentes de intervenção para interromper o protesto, que usaram um canhão de água e agentes a cavalo, depois de centenas de pessoas terem desobedecido aos repetidos apelos para que voltassem para casa.

   Notícias ao Minuto© Getty Images 

16h59 - Itália revelou, este domingo, que foram reportados no país mais 264 mortos e 21.315 casos positivos de Covid-19, nas últimas 24 horas. O balanço de hoje representa uma quebra nos números, considerando que no sábado foram contabilizados 317 óbitos e 26.062 infetados pelo novo coronavírus. O país passa, assim, a registar 102.145 vítimas mortais e 3.223.142 contágios, desde fevereiro do ano passado. 

16h45 - As autoridades norte-americanas ponderam reduzir de 2 para 1 metro a distância social recomendada para limitar a propagação de Covid-19, o que tornaria mais fácil reabrir escolas, disse hoje o imunologista Anthony Fauci. Segundo adianta a agência noticiosa AFP, o assessor da Casa Branca para a pandemia indicou que as autoridades sanitárias norte-americanas "têm tomado conhecimento dos dados recolhidos, que parecem cada vez mais indicar que tal distância é suficiente em certas condições".  

16h39 - O Reino Unido informou, este domingo, que, nas últimas 24 horas, foram contabilizados 52 óbitos e 4.618 novos casos de Covid-19. O número de vítimas mortais associadas à doença registado hoje é o mais baixo desde o dia 12 de outubro do ano passado. O país contabiliza agora, desde o início da pandemia, 125.516 mortos e 4.258.438 contágios pelo novo coronavírus. 

16h28 - O Governo informou, este domingo, que já foram administradas 1.163.873 vacinas contra o novo coronavírus em Portugal, até ao dia de hoje, 14 de março. Numa nota partilhada nas redes sociais, o Executivo esclarece que 824.313 pessoas receberam a primeira dose da vacina e 339.560 ambas as doses. 

15h41 - Ao passar um ano da declaração da Covid-19 como uma pandemia, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a diretora-geral da Saúde Graça Freitas deixou uma comunicação aos portugueses em forma de vídeo. Trata-se de uma "reflexão sobre o desafio que todos enfrentámos e uma mensagem de esperança". 

15h03 - A região de Piemonte, no norte de Itália, vai suspender temporariamente as vacinas da AstraZeneca, contra a Covid-19, depois que um professor da cidade de Biella ter morrido após a administração da mesma.

14h47 - Cuba registou, nas últimas 24 horas, mais 914 novos casos de Covid-19, um acumulado de 61.472 desde o início da pandemia. De acordo com as autoridades de saúde do país morreram quatro pessoas de ontem para hoje, o que perfaz um total de 370 vítimas mortais.

 

14h22 - O violoncelista Yo-Yo Ma, de 65 anos, recebeu, este sábado, a segunda dose da vacina contra a Covid-19. Como forma de agradecimento, o músico deu um concerto, de cerca de 15 minutos, em homenagem aos profissionais de saúde da clínica, localizada em Massachusetts, nos EUA. O momento emocionante foi partilhado nas redes sociais. Ora veja:

14h03 -  Portugal registou, este domingo, mais 15 vítimas mortais e 541 novos casos de Covid-19, anunciou a DGS no seu relatório diário.

Outros dados a reter no boletim epidemiológico de hoje:

  • 814.257 casos diagnosticados até hoje
  • 16.684 vítimas mortais provocadas pelo vírus, desde março de 2020
  • 759.417 recuperados (3.158 em 24 horas)
  • 976 internados (menos quatro que ontem)
  • 242 pessoas em Unidades de Cuidados Intensivos (menos 11 que ontem)

13h51 - O primeiro-ministro da Hungria, o ultranacionalista Viktor Orbán, instou hoje a Comissão Europeia a publicar os contratos de compra de vacinas contra a Covid-19 e criticou o facto de ser necessário o consentimento dos fornecedores para que tal aconteça.

13h32 - Os Açores registaram, nas últimas 24 horas, 11 novos casos de Covid-19, 10 dos quais em São Miguel e um na Terceira, indicou hoje em comunicado a Autoridade de Saúde Regional.

13h00 - França está a planear transferir, esta semana, cerca de 100 doentes com Covid-19 de Unidades de Cuidados Intensivos de Paris para outros hospitais do país. Com esta medida, o Governo espera evitar o colapso do sistema nacional de saúde que luta para conseguir acompanhar o aumento de infeções e evitar um novo confinamento de cerca de 12 milhões de pessoas.

O anúncio foi feito pelo porta-voz do governo, Gabriel Attal, no aeroporto de Orly, onde dois pacientes, com 33 e 70 anos, embarcaram num avião rumo a Bordéus, onde ficarão internados.

De acordo com o responsável, até ao final da semana, dois comboios especialmente equipados irão transportar "várias dezenas de pacientes para regiões que estão sob menos pressão" da pandemia.

Apesar de admitir que o Governo está a fazer tudo para não tomar "medidas mais difíceis e restritivas", Attal salientou serão tomadas "as decisões necessárias".

12h46 - O comissário europeu para o Mercado Interno, Thierry Breton, considerou hoje "inaceitável" os novos atrasos na entrega da vacina da AstraZeneca contra a Covid-19 à União Europeia.

12h30 - Conselho DGS: "Este fim de semana fique em casa, salve vidas"

12h26 - As autoridades europeias apresentam na quarta-feira o "passaporte verde", um certificado de saúde que visa facilitar as viagens dentro da União Europeia antes das férias de verão, anunciou hoje o comissário europeu para o Mercado Interno, Thierry Breton.

12h21 - A pandemia provocada pelo novo coronavírus já fez pelo menos 2.649.334 mortos em todo o mundo desde que foi notificado o primeiro caso na China, segundo o balanço diário da agência France-Presse.

12h15 - A líder parlamentar do PS anunciou hoje que levará a discussão pública até ao final deste mês um projeto para regulamentar o teletrabalho, com o qual pretende evitar soluções simplistas e "fraturas" entre empregadores e trabalhadores.

12h00 - A União Europeia (UE) será capaz de cumprir metas de vacinação neste trimestre, apesar dos atrasos na entrega da AstraZeneca, uma vez que a Pfizer está a produzir mais rápido do que o planeado, assegurou o comissário da indústria da UE Thierry Breton.

11h41 -  No Reino Unido há muitos pubs e restaurantes lotados de reservas para os próximos meses. Parece que os britânicos estão a planear "comer, beber e divertir-se" muito quando o confinamento for suspenso, revela o The Guardian.

11h27 - Itália está a assistir a um novo aumento de casos de Covid-19, contudo, garantiu hoje o ministro da saúde do país, Roberto Speranza, a campanha nacional de vacinação e uma série de restrições mais duras vão ajudar a diminuir a incidência de contágios até ao final da primavera.

11h05 - As autoridades de saúde irlandesas recomendaram hoje a suspensão da administração da vacina AstraZeneca contra a Covid-19 como "medida de precaução", após relatos de casos de formação de coágulos sanguíneos em pessoas vacinadas na Noruega.

10h47 - A "fragilização" em que se encontrava o SNS no início da pandemia causou mortes que podiam ter sido evitadas e "a destruição enorme" da economia devido aos confinamentos sucessivos, segundo um estudo do economista Eugénio Rosa.

10h31 - A luta livre é um desporto muitíssimo popular no México e, aproveitando a fama de que gozam, alguns 'luchadores' - que no ringue costumam usar máscaras que lhes cobrem as caras - saíram à rua, mais concretamente ao mercado de Central de Abasto, na Cidade do México, para convencer a população a usar máscara (a que nós usamos), como uma das medidas fundamentais de combate à propagação do novo coronavírus. 

10h25 - A coordenadora da campanha de vacinação contra a Covid-19, que arranca esta segunda-feira, em São Tomé e Príncipe, garantiu que "as condições estão criadas" para o início processo.

10h08 - Vinte pessoas foram identificadas, este sábado, pelas 22 horas, pelo Comando Metropolitano da Polícia de Segurança Pública (PSP) do Porto, no decurso de uma ação de fiscalização do cumprimento das medidas restritivas de controlo e combate da pandemia Covid-19.

Os cidadãos estavam num espaço localizado na praceta Salvador Caetano, em Mafamude, Vila Nova de Gaia, onde estaria a decorrer uma festa.

09h50 - A Rússia registou, nas últimas 24 horas, mais 475 mortes por coronavírus, ultrapassando assim a marca dos 92 mil óbitos associados ao SARS-CoV-2 no país. Ainda de acordo com as autoridades de saúde russas, foram contabilizados 10.083 novos casos, o que aumenta o total de infetados para 4.390.608.

09h37 - As autoridades timorenses anunciaram hoje 18 novos casos da Covid-19 em Timor-Leste, 14 em Díli e mais quatro na cidade de Baucau, elevando para 97 o total de casos ativos no país, novo máximo.

09h11 - Pedro Sánchez recordou hoje no Twitter que a Europa luta há um ano contra a pandemia da Covid-19. "2020 foi um ano de grande resistência, face à maior calamidade de um século", começou por recordar o primeiro-ministro espanhol, acrescentando que "2021 será o ano da vacinação e da recuperação".

" O ano da grande confiança e da grande esperança em Espanha", salientou.

08h57 - A Rússia já começou a realizar testes da vacina contra Covid-19, Sputnik V, em pacientes com cancro, anunciou hoje  Alexandr Gintsburg, diretor do Centro Gamaleya.

"Neste momento não existe nenhuma doença oncológica que possa ser contra-indicada a esta vacina", garantiu, esclarecendo que "a única exceção são aqueles casos em que o paciente está em quimioterapia e toma medicamentos que evitam a multiplicação das células".

08h40 - A Covid-19 está descontrolada no Brasil e, com tantas estirpes do SARS-CoV-2 a circular, poderá gerar-se um novo vírus no país, um 'SARS-CoV-3', alertou o médico brasileiro Miguel Nicolelis.

"O Brasil virou o epicentro da pandemia neste momento, uma vez que nos Estados Unidos houve uma queda de mais de um terço dos óbitos (..) O Brasil é o foco da doença no mundo”, afirmou à Lusa o neurocientista, que liderou por 11 meses um grupo de especialistas responsáveis por orientar um consórcio de governadores no nordeste do país para o combate à pandemia.

08h29 - O Japão está a considerar limitar o número de espectadores nos ​​Jogos Olímpicos de Verão de 2020 em 50% da capacidade, devido aos riscos representados pela disseminação da Covid-19, informou o jornal Sankei hoje.

08h17 - A Guarda Nacional Republicana (GNR) alertou a população, numa publicação partilhada no Facebook, para uma burla relacionada com a vacina contra a Covid-19, em que as principais vítimas são os idosos.

8h10 - "No Conservatório Nacional, as melodias tocadas pelos estudantes nunca deixaram de se ouvir, mas agora contrastam com o som das ferramentas dos funcionários que ultimam a tenda ao ar livre para receber alunos do 1.º ciclo que regressam segunda-feira",  uma reportagem da agência Lusa para ler aqui

08h00 -  A "estratégia para testar em massa ainda não saiu do papel", revela hoje o Público. De acordo com este jornal, as unidades de cuidados continuados, cadeias, lares, instituições de acolhimento de menores e locais de trabalho com maior risco de transmissão continuam sem realizar os rastreios com testes rápidos de antigénio de 14 em 14 dias como deveria acontecer desde 15 de Fevereiro.

07h41 - A Alemanha registou, este domingo, mais 70 mortes por coronavírus e 10.790 infeções. De acordo com o Instituto Robert Koch, o número de óbitos devido ao SARS-CoV-2 no país sobe assim para 73.371 e o de casos para 2.569.425.

07h26 - México com 639 mortes e 6.104 novos casos em 24 horas. O México registou 639 mortes provocadas por Covid-19 e 6.104 casos nas últimas 24 horas, informaram as autoridades mexicanas. Desde o início da pandemia, o país contabilizou 194.490 óbitos e 2.163.875 casos confirmados de Covid-19.

07h18 - China soma dez casos nas últimas 24 horas. A Comissão de Saúde da China anunciou hoje que foram diagnosticados dez casos do novo coronavírus nas últimas 24 horas, todos importados. Os casos foram detetados em viajantes nas cidades de Xangai e nas províncias de Xangai, Fujian, Mongólia Interior, Jiangsu, Cantão e Shaanxi.

07h13 - Austrália e Singapura negoceiam "bolha de viagem" a partir de julho. A Austrália está "a trabalhar com Singapura" para estabelecer uma "bolha de viagem" entre os dois países a partir de julho para reavivar o turismo dizimado pela pandemia de Covid-19, anunciou hoje o vice-primeiro-ministro australiano.

07h09 - EUA com 1.891 mortos e 56.191 casos nas últimas 24 horas. Os Estados Unidos registaram 1.891 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas e 56.191 novos casos, de acordo com a contagem independente da Universidade Johns Hopkins.

07h05 - Centros de dia podem reabrir a partir de 05 de abril. Os centros de dia podem reabrir a partir de 5 de abril, em Portugal Continental, de acordo com o 'plano de desconfinamento' do Governo, publicado em Diário da República.

07h00 - Bom dia! Iniciamos aqui um novo registo onde vai poder acompanhar as mais recentes incidências acerca do novo coronavírus. Para recordar as notícias de ontem, clique aqui

Leia Também: AO MINUTO: Parques reabrem domingo; Quase 2 mil mortos no Brasil em 24h

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório