Meteorologia

  • 28 JUNHO 2022
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 26º

Uber bane passageira após vídeo "chocante". Até tossiu sobre o condutor

Condutor exigiu o uso de máscara a uma das jovens e ela não gostou, procedendo a um chorrilho de insultos e comportamento agressivo que culminou com uma queixa na polícia. Uber baniu passageira, Lyft juntou-se.

Notícias ao Minuto

19:44 - 11/03/21 por Notícias ao Minuto

Mundo Califórnia

Um condutor de Uber foi atacado, borrifado com spray de gás pimenta e insultado por três mulheres, depois de ter exigido que uma delas colocasse a máscara, segundou reportou a imprensa local, citando o departamento de polícia de São Francisco, na Califórnia.

O condutor da plataforma de transporte de clientes, Subhakar Khadka, de 32 anos de idade, acabou por partilhar imagens do ataque, que pode ver acima.

Pelo menos duas das jovens são vistas a tossir para cima do condutor, de forma propositada. Depois, uma delas tenta alcançar o telemóvel de Subhakar Khadka, à força, e arranca-lhe a máscara da cara.

Em declarações à imprensa, o homem defende que pediu a uma deles que usasse máscara no carro. Sendo que ela disse que não tinha, o condutor parou numa estação de serviço e exigiu que esta fosse comprar uma, mas as jovens reagiram mal e começaram a proferir insultos.

Embora Subhakar Khadka lhes tenha pedido para saírem do carro, elas recusaram. "Se eu tivesse outra cor de pele, teria tido um tratamento diferente por parte delas", disse o condutor, originário do Nepal. "Logo quando abri a boca para falar, perceberam que me podiam intimidar".

A polícia indicou que uma das outras passageiras chegou mesmo a tirar o telefone ao condutor, mas acabou por devolvê-lo. Ao sair da viatura, uma deles borrifou o carro e o condutor com spray de gás pimenta, num incidente que está a ser investigado pelo departamento.

A Uber reagiu ao incidente. "O comportamento que vimos naquele vídeo é chocante. Aquela passageira não terá mais acesso à Uber", indicou a empresa.

A concorrente Lyft também reagiu. "Ainda que este incidente não tenha acontecido na plataforma Lyft, o tratamento inaceitável do condutor naquele vídeo motivou-nos a remover permanentemente aquela passageira da comunidade Lyft", indicou a plataforma, acrescentando que "conduzir durante uma pandemia não é fácil" e apelando a que os passageiros "usem máscara, por favor". "Respeitem-se uns aos outros, sejam boas pessoas".

Leia Também: Estafetas de entregas passam a ter "presunção de assalariado" em Espanha

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório