Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2021
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 20º

Edição

Mulher reencontra diário perdido... 37 anos depois

Diário foi encontrado pelo morador atual da casa onde viveu a autora do diário.

Mulher reencontra diário perdido... 37 anos depois

Passados 37 anos, Alison Jenkins voltou a ter nas mãos um diário que escreveu quando tinha entre nove e dez anos. O responsável por este feito foi Nick Gunz, que encontrou o livro em casa dos pais, durante umas obras.

Depois de no início de dezembrose ter deparado com o livro, descobriu que o diário tinha sido escrito por uma antiga moradora, Alison Jenkins, quando tinha nove ou dez anos.

"Não ler". Foi com esta mensagem, escrita no início do diário, que o homem, residente de Toronto, percebeu que não deveria ler o conteúdo. "Sinceramente, não podia ser mais claro. Tratava-se de uma criança que queria que as pessoas não interferissem", disseGunz, em declarações à CTVNews.

Sem grande informação sobre a pessoa, Gunzrecorreu ao Twitter para deixar uma mensagem a AlisonJenkins. "Alison, temos oseu diário, ultra secreto, de quando tinha 10 anos, em 1983", escreveu, deixando a nota que não tinha lido o conteúdo.

Poucos dias depois, descobriu que a autora do diário vivia em Vancouver. Depois de agradecer aos internautas que o ajudaram, Gunz informou que já tinha enviado os diários aJenkins.

"Às vezes leio partes dos meus outros diários ao meu namorado, porque são tão melodramáticos", disse AlisonJenkins, àCTVNews, acrescentando que pretende fazer o mesmo com este.

Leia Também: Cão cego encontrado preso a uma porta na ilha da Madeira

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório