Meteorologia

  • 17 JULHO 2024
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 29º

AO MINUTO: Desobediência pela 1ª vez em Decreto; Brasil? Recorde de casos

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Desobediência pela 1ª vez em Decreto; Brasil? Recorde de casos

O primeiro-ministro considerou, esta quarta-feira, "uma excelente notícia" o facto de a Agência Europeia do Medicamento ter antecipado do dia 29 para dia 21 de dezembro o processo de apreciação da vacina da Pfizer-BioNTech, sem, no entanto, comentar se essa antecipação poderá fazer com que os planos de vacinação comecem ainda este ano, ou seja mais cedo do que o previsto.

"Estamos todos a fazer um grande esforço para coordenar de forma a que, no mesmo dia, em todos os Estados-membros possamos iniciar o plano de vacinação", reiterou hoje António Costa.

Ainda sobre a vacina, o coordenador da 'task-force' criada pelo Governo para gerir o plano de vacinação contra a Covid-19, Francisco Ramos, defendeu no Parlamento que seria "um enorme erro" torná-la obrigatória para a população portuguesa.

Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 82 mortes e 4.720 infetados com o novo coronavírus, de acordo com o relatório da Direção-Geral da Saúde desta quarta-feira. Em termos acumulados, há 5.815 vítimas mortais e 358.296 infetados no nosso país.

Consulte os mapas interativos da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

00h00 - Boa noite! Este registo chegou ao fim, mas será retomado um novo na manhã de quinta-feira. Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes. Caso tenha sintomas:

  • SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24
  • SNS24 da Madeira: 800 24 24 20
  • SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

23h37 - Mulher de 108 anos do Peru recuperada da Covid. Uma mulher de 108 anos foi hoje considerada recuperada da Covid-19, depois de ter estado internada num dos hospitais de campanha construídos em Lima, capital do Peru, especificamente para acolher os casos mais sensíveis.

23h32 - Mike Pence vacinado esta sexta-feira. O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, vai ser vacinado contra a Covid-19 na próxima sexta-feira, avança a AFP, citando a Casa Branca. Joe Biden, presidente eleito, deverá receber a vacina na próxima semana.

23h18 - Decreto de Marcelo inclui pela primeira vez crime de desobediência. O Presidente da República realça no diploma do estado de emergência com efeitos entre 24 de dezembro e 7 de janeiro que a violação das normas desta declaração configura crime de desobediência. Este é o único artigo novo no projeto enviado hoje por Marcelo Rebelo de Sousa para a Assembleia da República em relação ao diploma que está atualmente em vigor, com efeitos até 23 de dezembro.

Leia aqui o decreto do Presidente Marcelo Rebelo de Sousa

23h15 - Twitter vai começar a remover desinformação sobre vacinas. A rede social Twitter anunciou hoje que vai começar a remover desinformação do seu 'site' sobre as vacinas contra a Covid-19. O Twitter enumerou entre os 'posts' que serão removidos os que incluem alegações falsas de que o vírus não é real e argumentos infundados que sugerem que as imunizações são usadas para prejudicar ou controlar as pessoas e também sobre os efeitos da vacina.

22h56 - Marcelo propõe renovação do estado de emergência até 7 de janeiro. O Presidente da República propôs hoje ao parlamento a renovação do estado de emergência até 7 de janeiro, abrangendo o Natal e a passagem de ano, decisão que já tinha apontado como provável no início deste mês. 

"Depois de ouvido o Governo, que se pronunciou esta noite em sentido favorável, o Presidente da República acabou de enviar à Assembleia da República, para autorização desta, o projeto de diploma renovando, pelo período de 15 dias, até 7 de janeiro de 2021, o estado de emergência para todo o território nacional, permitindo ao Governo efetivar as medidas para este novo período", lê-se numa nota divulgada no portal da Presidência da República na Internet.

22h45 - Governo deu parecer favorável ao decreto que renova Estado de Emergência. O Conselho de Ministros, reunido eletronicamente, deu hoje parecer favorável ao decreto presidencial de renovação do Estado de Emergência, adiantou fonte oficial à agência Lusa. 

22h20 - Brasil reporta 70 mil casos, novo máximo diário desde início da pandemia. O Brasil, o país lusófono mais afetado, ultrapassou esta quarta-feira os sete milhões de casos de infeção confirmados pelas autoridades desde o início da pandemia no país. 

Foram esta quarta-feira reportados, pelo Ministério da Saúde brasileiro, mais 70.574 casos de infeção por novo coronavírus, o maior registo diário de novos casos desde o início da pandemia no país. O anterior recorde de casos tinha sido registado a 22 de julho (67.860).

21h45 - Madeira com mais 24 casos eleva total de infeções ativas para 321. A Madeira assinalou hoje 24 casos de Covid-19, elevando o total de infeções ativas para 321, indicou a Direção Regional de Saúde, referindo também o registo de mais uma morte, 17 recuperações e 66 situações suspeitas.

21h27 - Paços de Ferreira distribui máscaras e gel por todas as casas do concelho. A Câmara de Paços de Ferreira informou hoje que está a distribuir, por todas as habitações do concelho, um kit composto por quatro máscaras reutilizáveis e uma embalagem de álcool gel.

21h11 - Venda de bilhetes para espetáculos com quebras de mais de 80% desde março. Duas das principais plataformas de venda de bilhetes para espetáculos, em Portugal, registaram quebras superiores a 80 por cento, nas suas vendas, devido à pandemia de Covid-19, e uma perda de faturação entre 78% e 90%.

21h05 - Alemanha prevê começar vacinação em 27 de dezembro. A Alemanha planeia iniciar a campanha de vacinação contra o novo coronavírus em 27 de dezembro, dando prioridade aos lares de idosos, confirmou hoje a Conferência de Ministros de Saúde da Alemanha.

21h00 - Pandemia irá acentuar dinâmica competitiva no sistema internacional. O gestor e ex-ministro Luís Amado considerou hoje que a atual pandemia de Covid-19 irá acentuar a dinâmica competitiva no sistema internacional, ao acelerar cinco fatores que vão moldar o futuro cenário geopolítico: desglobalização, digitalização, descarbonização, dívida e desigualdades.

20h31 - França com 17.615 novos casos e 292 mortes nas últimas 24 horas. Com os novos números, o total acumulado de casos do novo coronavírus em França ultrapassou os 2,4 milhões, situando-se mais precisamente em 2.409.062, enquanto o de óbitos subiu para 59.361.

20h16 - Universidade de Évora suspende aulas presenciais devido a novos casos. A Universidade de Évora (UE) suspendeu as aulas presenciais na academia, a partir de quinta-feira, por terem sido reportados "diversos casos" de alunos e professores com resultados positivos para o SARS-CoV-2, revelou hoje a instituição.

20h04 - Madeira regista mais uma morte. Arquipélago totaliza já sete óbitos. A Madeira registou hoje mais uma morte associada à Covid-19, elevando o número de óbitos para sete, indicou a Secretaria Regional da Saúde e Proteção Civil, esclarecendo que se trata de uma mulher com 87 anos.

19h50 - BE pede uso da requisição civil para toda a saúde estar ao comando do SNS. A coordenadora do BE defendeu hoje que o Governo deve usar a requisição civil, prevista em anteriores decretos presidenciais, para colocar toda "a capacidade de saúde instalada em Portugal" sob o comando do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

19h35 - Vacinação? "Era prudente que fosse feita em mais lugares para lá do SNS". A reunião do PSD com o Presidente da República, sobre a renovação do Estado de Emergência, já terminou. Após o encontro, no Palácio de Belém, Rui Rio mostrou-se favorável à renovação do Estado de Emergência e defendeu que a vacinação aconteça também nos Privados.

19h20 - Casos num lar particular de Montemor-o-Novo sobem para 65. Os casos de infeção pelo vírus da Covid-19 num lar do concelho de Montemor-o-Novo, no distrito de Évora, subiram para 65 e a câmara municipal já criou uma zona de concentração e apoio à população (ZCAP).

19h17 - “Neste Natal não facilite”, mesmo com um teste negativo à Covid-19. Na última semana surgiu a notícia de que milhares de portugueses marcaram testes à Covid-19 para os dias que antecedem o Natal, de forma a reunir a família. Porém, recorda, esta quarta-feira, a Guarda Nacional Republicana (GNR), os resultados negativos não são sinónimo de segurança, visto que, o período de incubação da doença pode ir até 14 dias.

18h55 - Conselho da ONU. Há três problemas na distribuição global de vacinas. O Conselho Económico e Social das Nações Unidas identificou hoje os acordos para a compra prioritária de vacinas em países ricos, a propriedade intelectual e a fraqueza das cadeias de abastecimento como problemas principais no combate à Covid-19.

18h47 - Dinamarca vai paralisar atividade económica durante as festas natalícias. O Governo dinamarquês anunciou hoje o encerramento de centros comerciais e comércio não-essencial no Natal devido à segunda vaga da Covid-19, que juntamente com a paragem parcial da vida pública vai significar uma paralisação da atividade económica.

18h36 - Infeções e mortes sobem no Reino Unido. País supera 65 mil óbitos. Autoridades britânicas reportam mais 25.161 novos casos de infeção confirmados na região. As mortes associadas à doença Covid-19 também registam subida, com 612 óbitos nas últimas 24 horas.

18h27 - "Um Natal mais pequeno vai ser um Natal mais seguro". O primeiro-ministro britânico alertou a população que "um Natal mais pequeno vai ser um Natal mais seguro", enquanto apelou a que os britânicos olhem para as indicações de até três agregados familiares como "máximo" e não como "objetivos a a atingir".

"Claro que vai ser sempre mais seguro minimizar o número de pessoas com quem se vão encontrar e isso significa que se vão visitar alguém no Natal apelamos a que nos cinco dias antes, até sexta-feira, reduzam ao mínimo o número de pessoas com quem vão ter contacto", disse Boris Johnson.

18h20 - Surto com três meninas e quatro funcionárias infetadas num lar em Beja. Um surto de Covid-19 com três meninas e quatro funcionárias infetadas foi detetado no lar de uma fundação em Beja que acolhe crianças e jovens em risco, disse hoje à agência Lusa a presidente da instituição.

18h17 - Espanha com nível de contágios a subir tem 11 mil novos casos positivos. O número de pessoas contagiadas está a subir em Espanha que registou nas últimas 24 horas 11.078 novos casos de Covid-19, elevando para 1.773.290 o total de infetados até agora no país, segundo números divulgados hoje.

18h03 - Surto em lar de freguesia rural de Avis regista 13 infetados e um óbito. Um surto de Covid-19 num lar de uma freguesia rural do concelho de Avis (Portalegre) já infetou, pelo menos, 13 utentes e funcionários, registando-se hoje a primeira vítima mortal, disse à agência Lusa fonte do município."O utente do lar de São Saturnino de Valongo que faleceu estava internado no hospital de Portalegre, tinha 91 anos", lamentou o presidente do município, Nuno Silva.

17h51 - Madeira vai gastar 4 milhões em vacinas se República não assumir custo. A Madeira vai gastar quatro milhões de euros (ME) para adquirir 400 mil doses da vacina contra a Covid-19 caso a República recuse assumir os custos com esta operação, disse hoje o secretário regional da Saúde.

17h31 - Cooperação portuguesa financia projetos angolanos de combate à Covid-19. O Camões - Centro Português de Cooperação em Angola financiou com 21 milhões de kwanzas (26.754 euros) seis propostas selecionadas no concurso Fundo de Pequenos Projetos, para minimizar necessidades nos setores da saúde e educação, com foco na Covid-19.

17h18- Itália com mais de 17.500 novos contágios e 680 mortes. Segundo o Ministério da Saúde italiano, até hoje, e desde o início da pandemia, em fevereiro, a Itália acumulou 1.888.144 casos de infeção, que provocaram a morte a um total de 66.537 pacientes. Paralelamente, continua a diminuir a pressão nos hospitais em todo o país.

17h11 - Lar Dona Beatriz com 16 infetados. Doze idosos e quatro funcionários do Lar Dona Beatriz, no Porto, receberam teste positivo à Covid-19, tendo o espaço sido desinfetado por uma empresa especializada, informou hoje a Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte).

17h00 - Brasil divulga plano e inclui imunizante chinês alvo de disputa. O Brasil divulgou hoje um plano de vacinação contra a Covid-19 com a CoronaVac, da farmacêutica chinesa Sinovac, que está no centro de uma disputa política entre o Presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria.

16h53 - Gatos recuperam mais rapidamente da Covid-19 do que humanos. Os gatos recuperam mais rapidamente da Covid-19 do que humanos, diz uma equipa de cientistas da Letónia. Ainda que nenhum gato tenha testado positivo para o vírus naquele país, muitos testaram positivo para anticorpos, o que indica que em algum momento eles foram infetados. Fique a par.

16h43 - Mealhada reforça ajuda às empresa apoiadas pelo Estado. A Câmara da Mealhada vai conceder um apoio complementar às micro e pequenas empresas locais que tenham aprovadas candidaturas às ajudas do Estado face à pandemia da Covid-19, foi hoje anunciado.

16h32 - Alojamento local com quebras de faturação de cerca de 70%. O alojamento local teve quebras de faturação de cerca de 70% em Portugal este ano, devido à pandemia, sendo que foram as cidades que mais sofreram com a falta de turistas, indicou hoje a associação que representa o setor. "Tivemos quebras na ordem média de 60 a 70 e poucos por cento este ano, mas com diferenças regionais importantes, ou seja, o Algarve teve um pouco menos", salientou hoje à agência Lusa o presidente da Associação do Alojamento Local em Portugal (ALEP).

16h13 - Incerteza sobre o Natal não deixa Norte livre de nova subida. As medidas de combate à Covid-19 continuam a resultar a Norte, afirmou hoje um especialista da Universidade do Porto, alertando, contudo, que a incerteza e liberdade associadas ao Natal não deixam a região livre de uma nova subida. "A fatura vem em janeiro. Só estamos à espera para perceber ao certo qual foi o resultado do Natal, sendo que neste momento há, acima de tudo, um risco", afirmou Óscar Felgueiras.

15h57 - Mike Pompeo de quarentena após contacto com pessoa infetada. O chefe da diplomacia norte-americana, Mike Pompeo, iniciou um período de quarentena após um contacto com uma pessoa positiva à Covid-19, anunciou hoje o departamento de Estado. "O secretário de Estado testou e está negativo", precisou um porta-voz da diplomacia de Washington em declaração aos media.

15h46 - Serviço Nacional de Saúde deixa conselhos para o Natal. "Este Natal, não corra riscos. O melhor presente que pode dar e receber é proteger a sua família. Cuidar de si é cuidar de todos", recorda. Fique com as recomendações:

15h30 - Presidente recebeu e já ouviu (alguns) partidos sobre a sétima Emergência. Na véspera da renovação do sétimo Estado de Emergência desde o início da pandemia no país, o Presidente da República ouviu os partidos com assento parlamentar, como aliás fez sempre antes das anteriores renovações. Desta vez, porém, e após debate e votação no Parlamento, Marcelo não falará ao país porque neste momento é também candidato presidencial. Saiba aqui o que foi dito nas audiências.

15h09 - Bola vai descer em Times Square no Ano Novo sem público pela primeira vez. Pela primeira vez, desde seu início em 1907, a famosa bola de cristal iluminada que desce ao ritmo das 12 badaladas no Ano Novo, em Nova Iorque, vai cair numa Times Square vazia.

O momento que costuma atrair mais de um milhão de pessoas para os concertos e para a tão aguardada descida da bola do topo do One Times Square vai ser realizado virtualmente, para tentar conter o aumento do número de casos nos Estados Unidos.

15h05 - Recordamos o boletim epidemiológico desta quarta-feira. Portugal registou, nas últimas 24 horas,mais 82 mortes e 4.720infetadoscom o novo coronavírus, de acordo com o relatório da Direção-Geral da Saúde desta quarta-feira.Em termos acumulados, há 5.815 vítimas mortais e 358.296 infetados no nosso país.

15h00 - Boa tarde! Iniciamos aqui um novo registo onde poderá acompanhar todas as incidências relativas ao novo coronavírus. Para recordar as notícias desta manhã, clique aqui.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório