Meteorologia

  • 14 MAIO 2021
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 23º

Edição

Nova Iorque volta a proibir consumo no interior de bares e restaurantes

O governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, anunciou hoje o encerramento do interior de bares e restaurantes a partir de segunda-feira, uma medida justificada pelo aumento das infeções e hospitalizações por covid-19.

Nova Iorque volta a proibir consumo no interior de bares e restaurantes
Notícias ao Minuto

19:46 - 11/12/20 por Lusa

Mundo Covid-19

"As hospitalizações não estabilizaram e com o aumento do índice de infeção e da densidade da cidade de Nova Iorque, significa que o consumo nos seus interiores constituiu um risco muito elevado", disse o governador, ao assinalar que continuará a ser permitido o consumo nas esplanadas e o envio de refeições ao domicílio.

Desde 30 de setembro que era possível servir comidas e bebidas no interior dos estabelecimentos da cidade, apesar da frequência ter sido reduzida para 25% da sua capacidade.

Através desta medida tentava compensar-se a queda de clientes motivada pela descida das temperaturas na cidade, que não convida ao consumo no exterior.

Cuomo anunciou as novas medidas na conferência de imprensa diária, onde assegurou que o índice de transmissão da doença se situa em 1,3% e o índice das pessoas com teste positivo à covid-10 em 4,98%.

O governador explicou que entre 10 de novembro e a passada quinta-feira, o número de pessoas hospitalizadas no estado subiu de 1.540 para 5.159.

Revelou ainda que, segundo os últimos dados, os restaurantes e bares constituem o quinto lugar onde ocorrem mais contágios, com um total de 1,43% dos casos.

No entanto, sublinhou que o principal foco são os domicílios e as reuniões sociais, com 73,84% dos contágios. Seguem-se os serviços de saúde, com quase 8%, os estudantes universitários, com 2,02% e os profissionais da educação, com 1,5%.

Para mais, recordou que o estado de Nova Iorque garantiu a entrega de 170.000 doses da vacina desenvolvida pela Pfizer, cuja aprovação deve decorrer entre hoje e sábado, e acrescentou que nova Iorque tem garantidas 366.000 doses da desenvolvida pela Moderna, que poderá ser aprovada na próxima semana, e que poderá estar disponível dentro de duas semanas.

Nova Iorque continua a ser o estado mais atingido pela pandemia de todo o país com 35.266 mortos, a maioria vitimados na primeira veja, seguido pelo Texas (23.897), Califórnia (20.516), Florida (19.591) e Nova Jersey (17.608).

Em relação aos contágios, Califórnia soma 1.467.956, seguido pelo Texas com 1.373.146, a Florida o terceiro com 1.094.697, Illinois quarto com 823.531 e Nova Iorque quinto com 743.242.

Os Estados Unidos são o país do mundo com mais mortos (292.190) e também com mais casos de infeção confirmados (mais de 15,6 milhões).

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.580.721 mortos resultantes de mais de 69,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 5.373 pessoas dos 340.287 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório