Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2021
Tempo
24º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Espanha notifica 38 mil casos de infeção e 484 mortes desde sexta-feira

Autoridades de Saúde espanholas indicam que o número de novos casos contabilizados desde sexta-feira é de 38.273, o número mais baixo reportado a uma segunda-feira desde final de outubro.

Espanha notifica 38 mil casos de infeção e 484 mortes desde sexta-feira

O Ministério da Saúde espanhol reporta, esta segunda-feira, um acréscimo de 38.273 casos de contágio ao balanço total, número que inclui sexta-feira, sábado e domingo, uma vez que os dados não são atualizados ao fim de semana. É o balanço mais baixo de casos reportado a uma segunda-feira desde final de outubro (foram notificados mais de 50 mil casos nas últimas três segundas-feiras).

De acordo com o El País, várias comunidades autónomas registaram uma descida nos novos casos, esta segunda-feira, como Andaluzia, Catalunha, País Basco e Navarra. 

O número total de casos de pessoas com diagnóstico positivo confirmado pelo teste PCR é agora de 1.496.864 desde o início da pandemia em Espanha, o segundo maior número acumulado de casos na Europa, depois de França (mais de 1,9 milhões de casos).

As autoridades sanitárias registaram, ainda, a morte de 484 pessoas desde sexta-feira, segundo o reportado pelas comunidades. Em termos globais, Espanha já contabiliza 41.253 mortes desde o início da crise pandémica.

Em todo o país há 20.452 pessoas hospitalizadas com a Covid-19, o que corresponde a 16,54% das camas, das quais 3.156 pacientes em unidades de cuidados intensivos, o que corresponde a 32,80% das camas desse serviço.

Fernando Simón, o diretor do Centro de Coordenação de Alertas e Emergências Sanitárias, indicou em conferência de imprensa que "não é possível determinar" se a descida nos novos casos "vai ser definitiva". "Os meses de frio podem implicar um aumento na transmissão. O objetivo não é começar a baixar, mas manter os níveis de transmissão suficientemente baixos para que possam ter a epidemia controlada", indicou.

Ainda assim, o responsável sanitário explicou que os números estão "a baixar mais rápido do que as previsões" e indicou que considera exequível alcançar os 25 casos por 100 mil habitantes dentro de 14 dias.

O nível de incidência acumulada em Espanha estabilizou hoje nos 470 casos diagnosticados (menos 28 do que na última sexta-feira) por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias, sendo as regiões com os níveis mais elevados a de Ceuta (873), Castela e Leão (792), Aragão (733), País Basco (758), Rioja (736), Melilla (676), Navarra (591) e Catalunha (530).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório