Meteorologia

  • 24 NOVEMBRO 2020
Tempo
15º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

Votação para eleições municipais em Cabo Verde já encerrou

As mesas de voto para as oitavas eleições municipais em Cabo Verde fecharam hoje às 18:00 locais (mais uma hora em Lisboa), tendo a votação decorrido sem incidentes em todo o arquipélago, segundo a Comissão Nacional de Eleições (CNE).

Votação para eleições municipais em Cabo Verde já encerrou

A votação iniciou-se pelas 07:00 locais, uma hora antes face ao habitual, conforme previsto no plano de contingência da covid-19, embora a abertura de várias mesas de voto tenha sido feita com atraso, face ao programado, devido a questões logísticas.

Fonte da CNE contactada pela Lusa explicou que além desses atrasos pontuais na abertura das mesas de voto, a votação decorreu sem incidentes reportados até ao momento.

Os primeiros resultados oficiais, ainda provisórios, começam a ser divulgados a partir das 19:00 locais.

Para esta votação estavam inscritos 337.083 eleitores, distribuídos por 864 mesas de voto em todo o arquipélago, um aumento de 34.073 eleitores (+11%) face às eleições municipais anteriores, em 2016.

Nas eleições de hoje concorrem ao mandato de quatro anos 65 listas às assembleias municipais e 64 às câmaras municipais, das quais 53 de partidos políticos (de quatro partidos) e 12 de grupos de cidadãos, segundo dados da CNE.

Tal como previsto no plano de contingência da CNE e conforme a Lusa constatou numa ronda pela cidade da Praia, para "garantir a segurança e proteção individual" dos membros das designados para as mesas das assembleias de voto, foram disponibilizados equipamentos de proteção individual, como máscara cirúrgica, viseira e luvas, "sendo obrigatório o seu uso durante o ato eleitoral".

Os eleitores estavam obrigados à higienização das mãos à entrada de cada mesa de voto e as filas para votar obrigavam ao distanciamento social de, pelo menos, 1,5 metros.

As últimas autárquicas aconteceram em 04 de setembro de 2016, em que o Movimento para a Democracia (MpD) venceu com os seus próprios candidatos 18 das 22 câmaras municipais, mais cinco do que nas autárquicas de 2012, enquanto o Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) ganhou duas e outras duas foram conquistadas por independentes.

O ciclo eleitoral que se iniciou este mês em Cabo Verde deverá prolongar-se por um ano, prevendo a realização de eleições legislativas em março e presidenciais no segundo semestre de 2021.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório