Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2020
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 20º

Edição

Autoridades afegãs reivindicam morte de 65 talibãs em novo confronto

As forças de segurança afegãs mataram 65 talibãs no leste do Afeganistão, referiram hoje responsáveis oficiais, enquanto prosseguem os combates entre as duas partes apesar das conversações de paz em curso.

Autoridades afegãs reivindicam morte de 65 talibãs em novo confronto

O último incidente ocorreu na noite de quarta-feira após os talibãs tomarem de assalto um edifício do bairro militar no distrito de Wazi Khwa, província de Paktika.

"Os combates prolongaram-se por diversas horas, e durante um ataque de represália das forças afegãs os talibãs registaram pesadas baixas", declarou à agência noticiosa AFP Shah Mohammad Arian, porta-voz da polícia de Paktika.

"No confronto, foram mortos 65 talibãs e outros 35 ficaram feridos", acrescentou, enquanto três polícias foram mortos e seis feridos, segundo referiu.

Bakhtiar Gul Zadran, chefe do conselho provincial de Paktika, confirmou este balanço.

Os talibãs não emitiram no imediato qualquer comentário.

Esta nova vaga de violência ocorreu um dia após um ataque talibã na província de Oruzgan (sul), que provocou 28 mortos entre os polícias e militares afegãos.

Os negociadores dos talibãs e do Governo afegão estão reunidos desde 12 de setembro no Qatar, onde tentam um acordo para pôr termo a um conflito com 19 anos, na sequência da invasão militar dos Estados Unidos.

Após um início prometedor, as discussões estão a avançar lentamente, com as suas partes a discordarem da ordem de trabalhos, e enquanto se assinalam novas violências no Afeganistão.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório