Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2020
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 23º

Edição

O momento da explosão que deixou um rasto de destruição em Beirute

No vídeo pode-se ver a onda de choque que danificou diversos edifícios no espaço de quilómetros.

Esta terça-feira o Líbano foi abalado por fortes explosões que destruíram parte da sua capital, Beirute, e provocaram, segundo os dados mais recentes da Cruz Vermelha libanesa, mais de 100 mortos e cerca de quatro mil feridos.

A explosões tiveram origem na sequência de um incêndio num depósito onde estavam armazenadas cerca de 2.750 toneladas de nitrato de amónio, um fertilizante químico e que também é um componente de explosivos.

Um dos vídeos que está a circular nas redes sociais mostra o momento da explosão mais poderosa, que elevou nos céus de Beirute uma nuvem em forma de cogumelo e gerou uma onda de choque que danificou diversos edifícios no espaço de quilómetros.

Há um outro vídeo que mostra a explosão filmada a partir de um barco. 

Outros vídeos e fotografias mostram o rasto de destruição após as explosões.

Uma das jornalistas da Associated Press, que trabalha na redação de Beirute, partilhou na manhã desta quarta-feira na sua conta de Twitter uma imagem que ilustra o estado em que ficou o escritório do meio de comunicação, com vidros partidos e computadores destruídos.

Devido à pandemia de Covid-19 ninguém estava na redação. “O coronavírus salvou-nos”, afirmou Dalal Mawad.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório