Meteorologia

  • 16 JULHO 2020
Tempo
34º
MIN 25º MÁX 39º

Edição

Erdogan encerra universidade de ex-aliado que se tornou opositor

O Presidente turco Recep Tayyip Erdogan encerrou hoje por decerto uma universidade cofundada por um dos ses ex-primeiros-ministros, Ahmet Davutoglu, que entrou em rutura com o partido no poder e fundou a sua própria formação política.

Erdogan encerra universidade de ex-aliado que se tornou opositor
Notícias ao Minuto

13:38 - 30/06/20 por Lusa

Mundo Turquia

"Foi decidido retirar as autorizações de exercer à Universidade Sehir", estipula o decreto assinado por Erdogan e publicado na noite de segunda para terça-feira.

Fundado em 2008, a Universidade Sehir tornou-se num estabelecimento privado frequentado pela nova elite conservadora.

Erdogan e Davutoglu tinham formalmente inaugurado das instalações em 2010, quando o primeiro era chefe do governo e o segundo ministro dos Negócios Estrangeiros.

Davutoglu tornou-se primeiro-ministro em 2014, quando Erdogan foi eleito Presidente. Em 2016, foi afastado sem contemplações na sequência de divergências com o chefe de Estado.

Na sequência das crescentes críticas a Erdogan e ao seu Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP, islamita, no poder desde 2003), Davutoglu fundou a sua própria formação, o Partido do Futuro (GP), com o objetivo de competir com o chefe de Estado.

Foi neste contexto que a Universidade Sehir se tornou num dos focos do conflito entre os dois ex-aliados.

Em dezembro, as atividades da Universidade Sehir foram temporariamente suspensas e transferidas para outro estabelecimento, uma decisão justificada oficialmente pelas suas dificuldades financeiras.

Em janeiro, a fundação que dirigia a universidade, e onde se incluía Davutoglu, foi apropriada pelo Estado e confiada a administradores designados pelo Governo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório