Meteorologia

  • 04 JULHO 2020
Tempo
33º
MIN 16º MÁX 34º

Edição

"Uma perda incalculável". New York Times homenageia vítimas da Covid-19

Estados Unidos são o país do mundo com mais casos e mortes relacionados com a Covid-19.

"Uma perda incalculável". New York Times homenageia vítimas da Covid-19

"Os Estados Unidos aproximam-se das 100 mil mortes, uma perda incalculável", titula este domingo o jornal norte-americano The New York Times, que faz manchete com os nomes das vítimas da Covid-19 no país. 

Os Estados Unidos registaram 1.103 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de óbitos para 96.983, segundo um balanço independente da Universidade Johns Hopkins.

De acordo com os números contabilizados até às 20h00 de sábado (1h00 de domingo em Lisboa), o país registou também mais 18.467 contágios nas últimas 24 horas, atingindo os 1.618.948 casos confirmados desde o início da pandemia.

Os Estados Unidos são de longe o país com mais vítimas mortais em todo o mundo e mais casos de infeções confirmadas.

O estado de Nova Iorque continua a ser o principal foco da pandemia naquele país, com 359.926 casos confirmados e 29.031 mortos, números semelhantes a países como França e Espanha. Só na cidade de Nova Iorque morreram 21.138 pessoas.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de Covid-19 já provocou mais de 339 mil mortos e infetou mais de 5,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de dois milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.302 pessoas das 30.471 confirmadas como infetadas, e há 7.705 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório