Meteorologia

  • 26 MAIO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 32º

Massacre no Canadá vitimou enfermeira da Covid-19 que estava grávida

Ia contar à família que estava à espera do segundo filho esta semana.

Massacre no Canadá vitimou enfermeira da Covid-19 que estava grávida
Notícias ao Minuto

08:20 - 23/04/20 por Notícias Ao Minuto

Mundo Massacre

Quando, no domingo, abriu fogo de forma indiscriminada, Gabriel Wortman não olhou a género, etnia ou credos. Matou 23 pessoas, por motivos que estão ainda por esclarecer, e entre as vítimas, sabe-se agora, estava uma enfermeira grávida.

Kristen Beaton trabalhava no Victorian Order of Nurses, onde juntamente com outros profissionais estava na linha da frente de combate contra a Covid-19. Estava também grávida do seu segundo filho, quando este fim de semana foi apanhada por uma das balas disparadas pelo técnico de próteses dentárias de 51 anos.

A revelação é feita pelo marido da vítima que conta que Kristen andava assustada e com medo de poder contrair a Covid-19 e levar a doença para casa. Temia, por isso, pela saúde da sua família e sobretudo do filho.

A enfermeira preparava-se para entrar de férias, altura em que o casal iria contar à família que estava à espera do segundo filho. 

Nick recorda que falou com a mulher ao telefone minutos antes de esta morrer e considera que o atirador foi um cobarde. Lamenta que por causa deste homem tenha tido de explicar ao filho que a sua mãe estava no céu.

Recorde-se que este massacre é considerado o pior alguma vez registado no Canadá. 

Leia Também: Número de mortos em tiroteio no Canadá sobe para 23

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório