Meteorologia

  • 12 ABRIL 2021
Tempo
MIN 9º MÁX 22º

Edição

Número de mortos em tiroteio no Canadá sobe para 23

O número de mortos na sequência de disparos feitos na madrugada de domingo por um homem armado no Canadá subiu de 18 para 23, adiantaram esta terça-feira as autoridades canadianas.

Número de mortos em tiroteio no Canadá sobe para 23
Notícias ao Minuto

22:35 - 21/04/20 por Lusa

Mundo Canadá

Segundo a Real Polícia Montada do Canadá, citada pela agência AP, alguns dos corpos foram encontrados em habitações que tinham sido incendiadas pelo autor dos disparos.

Os ataques ocorreram na província da Nova Escócia, no leste do Canadá, e foram perpetrados por Gabriel Wortman, de 51 anos, que viria a morrer durante a detenção, após uma perseguição que durou cerca de 12 horas.

O homem, um técnico de próteses dentárias, abriu fogo em diferentes locais, em circunstâncias e por motivos ainda por esclarecer.

Inicialmente, a comissária da Real Polícia Montada do Canadá (polícia federal), Brenda Lucki, indicou que 13 pessoas tinham morrido, mas posteriormente disse que o balanço dos ataques era de pelo menos 16 mortos, incluindo o atirador, de acordo com a cadeia pública CBC.

Na segunda-feira, o primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau fez um novo balanço e atualizou os números para 18 mortos.

O ataque começou no sábado à noite na pequena localidade rural de Portapique, a cerca de 100 quilómetros da capital provincial de Halifax. Várias vítimas foram encontradas à frente e no interior de uma casa, para onde a polícia foi chamada depois de terem sido ouvidos tiros.

O presumível autor fugiu à chegada da polícia, desencadeando uma vasta caça ao homem, durante uma dezena de horas por toda a província, com as autoridades a pedirem aos residentes para se manterem em casa.

Gabriel Wortman foi detido no domingo de manhã, em circunstâncias que a polícia ainda não esclareceu.

Este massacre é considerado o pior alguma vez registado no Canadá. Em 06 de dezembro de 1989, um homem matou a tiro 14 mulheres no Instituto Politécnico de Montreal, antes de se suicidar.

Em 2018, em 23 de abril, um motorista de um camião atropelou deliberadamente oito mulheres e dois homens no centro de Montreal.

Com menos de um milhão de habitantes, que vivem sobretudo da exploração da madeira e da pesca, Nova Escócia é uma das províncias menos povoadas do país.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório