Meteorologia

  • 04 JULHO 2020
Tempo
31º
MIN 16º MÁX 34º

Edição

Cidade do Equador enterra mortos em caixões de papelão

As autoridades de Guaiaquil, a cidade do Equador com mais infeções por covid-19, disponibilizaram hoje centenas de caixões de cartão canelado, "para que as vítimas mortais desta doença possam ser enterradas com dignidade".

Cidade do Equador enterra mortos em caixões de papelão
Notícias ao Minuto

05:24 - 05/04/20 por Lusa

Mundo Covid-19

"Agradecemos à Associação dos Papeleiros pela sua primeira contribuição com 200 caixões de papelão", publicou o município na sua conta de Twitter, estimando que venham a ser necessários 2000 caixões de cartão canelado para proporcionar "um funeral digno" a todas as vítimas mortais da pandemia.

Em comunicado, a Câmara Municipal de Guaiaquil destaca o "gesto solidário", acrescentando que os caixões de cartão canelado contribuirão para dar "uma sepultura digna às pessoas falecidas durante a emergência sanitária".

Os caixões serão distribuídos pelos dois principais cemitérios da cidade e pelas forças policiais.

Nos últimos dias, familiares das vítimas mortais têm-se queixado publicamente da dificuldade em conseguir caixões tradicionais de madeira.

A província em que se situa Guaiaquil regista 1.648 dos 3.465 casos de contaminação no Equador. O número de vítimas mortais em Guayaquil é de 122.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto de covid-19 espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu, com cerca de mais de 627 mil infetados e mais de 46 mil mortos, é aquele onde se regista o maior número de casos, e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, 15.362 óbitos em 124.632 casos confirmados até hoje.

Em Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, o último balanço da Direção-Geral da Saúde indicava 10.524 infeções confirmadas. Desse universo de doentes, 266 morreram, 1.075 estão internados em hospitais, 75 recuperaram e os restantes convalescem em casa ou noutras instituições.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório