Meteorologia

  • 09 AGOSTO 2022
Tempo
29º
MIN 17º MÁX 30º

Além da Covid-19, Brasil vai ter de enfrentar dengue, gripe e sarampo

Com presidente Jair Bolsonaro a desvalorizar a perigosidade do novo coronavírus, dados reproduzidos pelo Estadão dão conta de que Brasil já este ano sofreu um aumento significativo de número de casos de dengue, passando dos 273,19 mil registados em 2019 (até 21 de março) para 441,22 mil este ano.

Além da Covid-19, Brasil vai ter de enfrentar dengue, gripe e sarampo
Notícias ao Minuto

18:05 - 30/03/20 por Notícias Ao Minuto

Mundo Serviço Nacional de Saúde

Com o planeta a lutar contra uma pandemia de grande escala de novo coronavírus, o Brasil, mais propriamente o presidente Jair Bolsonaro, tem desvalorizado, de certa forma, os problemas sanitários graves que esta doença pode provocar.

Porém, este poderá ser um cenário agravado, segundo o jornal Estadão, pelo facto de estarem previstos picos de outras três doenças para os próximos tempos.

Segundo este jornal, o Brasil enfrentará durante os próximos meses um aumento de casos de dengue, gripe e sarampo, dados que se revelam assustadores e que podem fazer colapsar por completo o sistema de saúde canarinho.

Para se ter uma ideia, explica a referida publicação que "apenas até 21 de março, o país teve 441,22 mil casos de dengue, acima dos 273,19 mil registados no mesmo período do ano passado", dados que se revelam preocupantes, sobretudo se atendermos, tal como explica o Estadão, que no total do "ano de 2019, o Brasil registou 1,54 milhões de casos de dengue", dado que só tem um registo menor nos anos, reportando-se ao ano de 2015 quando foram registados 1,7 milhões de casos.

“Teremos coronavírus, que é uma novidade, teremos influenza [gripe], que é uma rotina, todos os anos acontece, e teremos também o pico de dengue. Aproveitem que estão em casa e limpem o quintal, eliminem focos de dengue e vacinem-se”, disse na quinta-feira passada o secretário nacional de Vigilância em Saúde, Wanderson Oliveira, citado pelo Estadão.

Mas o cenário poderá complicar-se ainda mais. É que segundo esta reportagem, o Brasil poderá enfrentar também um surto sarampo, doença "que já matou 4 pessoas este ano, após 20 anos sem óbitos no Brasil", sendo que "até ao começo de março foram notificados 4.971 suspeitas, sendo confirmados 909 casos", de uma doença que só é possível erradicar através de vacinação.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório