Meteorologia

  • 04 ABRIL 2020
Tempo
17º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

Arábia Saudita proíbe cidadãos de 5 países de entrarem em Meca e Medina

A Arábia Saudita proibiu hoje cidadãos de países-membros do Conselho de Cooperação do Golfo (GCC) de entrar nas cidades sagradas de Meca e Medina, informou o Ministério das Relações Exteriores.

Arábia Saudita proíbe cidadãos de 5 países de entrarem em Meca e Medina
Notícias ao Minuto

21:18 - 28/02/20 por Lusa

Mundo Covid-19

Esta é uma "suspensão temporária" aplicável a nacionais de Omã, Emirados Árabes Unidos, Bahrein, Qatar e Kuwait, mas o ministério não especificou se a proibição também se aplica aos cidadãos sauditas, já que Riade também é membro do GCC.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) aumentou hoje para "muito elevado" o nível de ameaça do novo coronavírus, que já infetou cerca de 79.000 pessoas na China e mais de 5.000 no resto do mundo.

O diretor-geral da organização, Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que os epidemiologistas da OMS acompanharam em permanência os desenvolvimentos da infeção por SARS-CoV-2, doença denominada Covid-19, e foi decidido aumentar a avaliação do risco de propagação e do risco de impacto para o nível mais alto.

Tedros Adhanom Ghebreyesus avançou ainda que mais de 20 vacinas estão a ser desenvolvidas em todo o mundo e que vários produtos terapêuticos estão a ser testados, sendo os primeiros resultados esperados em "algumas semanas".

Se a China era até há recentemente o único foco mundial do novo coronavírus, o risco multiplicou-se com o surgimento de novos casos em países como a Coreia do Sul, o Irão e a Itália.

Segundo a OMS, cerca de 50 países estão agora afetados.

O Covid-19, detetado em dezembro na China e que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou pelo menos 2.858 mortos e infetou mais de 83 mil pessoas, de acordo com dados reportados por meia centena de países e territórios.

Das pessoas infetadas, mais de 36 mil recuperaram.

Além de 2.788 mortos da China, há registo de vítimas mortais no Irão, Coreia do Sul, Itália, Japão, Filipinas, França, Hong Kong e Taiwan.

Dois portugueses tripulantes de um navio de cruzeiros encontram-se hospitalizados no Japão, devido à infeção pelo Covid-19.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório