Meteorologia

  • 10 DEZEMBRO 2019
Tempo
10º
MIN 6º MÁX 15º

Edição

Elon Musk não admitiu em tribunal ter chamado "pedófilo" a mergulhador

O bilionário tentou explorar o que considerou serem vários significados associados à palavra.

Elon Musk não admitiu em tribunal ter chamado "pedófilo" a mergulhador

Elon Musk admitiu ter culpa de ter insultado um mergulhador britânico que ajudou no resgate da equipa de futebol de jovens da Tailândia de dentro de uma gruta, mas não admitiu em nenhum momento que lhe tinha chamado "pedófilo".

O CEO da Tesla passou várias horas do julgamento por difamação à volta dos possíveis significados da expressão "pedo guy", usada num tweet dirigido a Vernon Unsworth, um dos mergulhadores que participou no resgate do ano passado, conta a Associated Press.

Elon Musk disse que o insulto significava apenas “homem velho assustador” e não significava literalmente estar a chamar-lhe pedófilo.

Recorde-se que toda a situação começou quando Vernon ridicularizou os esforços de resgate do bilionário, depois de este ter pedido aos seus engenheiros da Space X e da The Boring Co. para desenvolverem umas cápsulas submarinas que podiam transportar os rapazes para segurança. Mas depois de ter construído as cápsulas em tempo recorde, Musk já chegou à Tailândia tarde nos esforços de resgate e as cápsulas nunca foram usadas.

O mergulhador chamou à situação uma "manobra de marketing" e disse a Musk para por os submarinos "onde dói". Depois de ver a entrevista de Vernon à CNN, o fundador da Tesla começou a disparar uma série de tweets em julho de 2018.

"Nunca vi este expatriado britânico que vive na Tailândia quando estávamos nas grutas. As únicas pessoas que vi foram os tipos da marinha tailandesa, que foram fantásticos e que nos acompanharam durante a entrada", escreveu, acrescentando: "Sabes que mais, não te incomodes a mostrar o vídeo. Vamos fazer um com as cápsulas a entrar pela gruta 5, sem problema. Desculpa pedófilo, mas foste tu que pediste".

"Foi errado e insultuoso, então insultei-o de volta", disse Elon Musk a um tribunal de júri de Los Angeles.

Vernon está a pedir uma quantia de indemnização não especificada por dor, sofrimento e stress emocional num processo contra o empreendedor tecnológico, cujo matrimónio está avaliado em 20 mil milhões de dólares (18 mil milhões de euros).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório