Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2019
Tempo
24º
MIN 17º MÁX 27º

Edição

Salvini sobre Richard Gere no Open Arms: "Espero que te bronzeies"

Ministro do Interior italiano reitera que portos irão permanecer fechados para ONG's. Ida de ator norte-americano ao navio Open Arms foi recebida com ironia.

Salvini sobre Richard Gere no Open Arms: "Espero que te bronzeies"

Matteo Salvini, vice-presidente e ministro do Interior italiano, recorreu às redes sociais para reagir à visita do ator Richard Gere ao barco da organização não-governamental (ONG) espanhola Open Arms.

"O Richard Gere na Open Arms? Espero que te bronzeies e que estejas bem. Visto que o navio é uma ONG com bandeira espanhola, podem desembarcar os 120 imigrantes em Ibiza ou Formentera. Correto?", ironizou o líder do partido italiano de extrema-direita Liga.

Num comentário feito na mesma publicação, o político fez questão de sublinhar: "Os portos italianos estão e continuarão fechados. Faz boa viagem! P.S. Mas estes radicais chic não tem mais nada que fazer?".

Recorde-se que a embarcação está há mais de uma semana em águas internacionais à espera de autorização para aportar e desembarcar 121 migrantes resgatados no Mediterrâneo. Itália, porém, mantém há várias semanas os portos fechados às ONG, a quem acusa de favorecerem a imigração ilegal.

Salvini, que abandonou na quinta-feira a coligação que governava a Itália desde 2018, já garantiu que não permitirá que o navio Open Arms entre em águas italianas, remetendo a responsabilidade pelos migrantes a bordo para o governo de Espanha.

Este domingo, e face à subida do número de imigrantes a bordo do Open Arms, devido a novos resgates, Salvini voltou à carga, através do Twitter: "Dado que os seus amigos da ONG têm agora 180 imigrantes a bordo, estou seguro que o generoso milionário irá hospedá-los nas suas residências. Correto?", escreveu, com um meme do ator norte-americano.

De acordo com o El Mundo, tanto Ibiza como Formentera receberam, na semana passada, mais de meia centena de imigrantes.

Em Espanha, a cidade de Valência ofereceu-se para acolher o barco e a comunidade da Extremadura mostrou-se aberta receber os migrantes. No entanto, precisa de autorização do Governo de Madrid, que em janeiro proibiu a Open Arms de retomar as buscas ativas de embarcações em perigo no Mediterrâneo central, justificando com o encerramento dos portos italianos às ONG e impondo multas elevadas, que podem atingir quase um milhão de euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório