Meteorologia

  • 14 OUTUBRO 2019
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Harvey Milk é o primeiro líder LGBTQ+ a dar nome a terminal de aeroporto

Harvey Milk foi assassinado a 27 de novembro de 1978, onze meses depois de se ter tornado no primeiro homem gay assumido a ser eleito para um cargo público na história dos Estados Unidos.

Mais de quarenta anos depois da sua morte, Harvey Milk continua a ser um símbolo da luta ativista pelos direitos LGBTQ+. O seu importante contributo foi agora homenageado com a inauguração do Harvey Milk Terminal 1, no Aeroporto Internacional de São Francisco (SFO, na sigla em inglês), na Califórnia, tornando-o no primeiro terminal do mundo com o nome de um membro da comunidade LGBTQ+.

“O Harvey Milk Terminal 1 define um novo benchmark para a experiência no aeroporto e representa um tributo à vida e ao legado de um dos primeiros líderes dos direitos civis”, afirmou o diretor do Aeroporto Internacional de São Francisco, através de comunicado.

"O SFO é, para milhões de pessoas do mundo inteiro, a primeira impressão da Baía de São Francisco e o Harvey Milk Terminal 1 incorpora tudo o que torna esta região tão especial: um espírito de inovação, um foco no ambiente e, acima de tudo, um compromisso com a diversidade, a igualdade e a inclusão", acrescentou Ivar C. Satero.

Harvey Milk, recorde-se, um judeu originário de Nova Iorque, tornou-se conhecido no seio daquela comunidade a partir de 1972, quando se mudou para São Francisco. Tendo-se tornado numa importante voz do ativismo político, candidatou-se por duas vezes à concelhia de São Francisco e nunca ganhou. Acabaria por se tornar o primeiro homem gay assumido a ser eleito para um cargo público na história dos Estados Unidos, integrando o Conselho de Supervisores de São Francisco.

Esteve no cargo apenas onze meses, uma vez que a 27 de novembro de 1978 foi assassinado por um colega, o também supervisor Dan White.

O terminal agora inaugurado, que representa um investimento de 2,14 mil milhões de euros, tem como ponto principal a exposição Harvey Milk: Mensageiro de Esperança, que homenageia o líder dos direitos civis e o seu impacto nos direitos da comunidade LGBTQ+.

Abrangendo quase 120 metros, inclui 100 imagens de Harvey Milk – muitas destas conseguidas através do público – assim como arte e lembranças do ativista.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório