Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2019
Tempo
22º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

Pinguins tentam fazer ninho debaixo de carrinha de sushi na Nova Zelândia

O vagueantes regressaram à carrinha de comida duas vezes apesar de terem sido levados para o oceano.

Pinguins tentam fazer ninho debaixo de carrinha de sushi na Nova Zelândia

Dois pinguins foram movidos duas vezes pela polícia depois de tentarem fazer o ninho por baixo de uma carrinha de comida de sushi na Nova Zelândia. A polícia descreveu os pequenos pinguins como "vagabundos toscos" depois de terem sido atraídos para a estação de comboios mais movimentada da cidade de Wellington pelo cheiro do peixe do restaurante móvel.

Um dos proprietários do estabelecimento brincou com a ideia de que a notícia de que o seu restaurante tinha peixe saboroso já tinha chegado à comunidade subaquática, conta a Sky News.

Jack Mace, o gestor de operações do Departamento de Conservação local explicou que os pinguins devem ter pensado ter encontrado um local confortável para montar o ninho, alheios sobre o sushi que estava a ser vendido acima de si. "Estavam a uma distância viável para pinguim do porto e devem ter achado que tinham encontrado um bom sítio".

A polícia recebeu o primeiro alerta sobre um pinguim solto na cidade no passado sábado depois de alguém ter reportado ver uma ave tosca debaixo de um carro. Os agentes conseguiram levá-lo de volta para o oceano.

No entanto, na manhã seguinte, segunda-feira, receberam novas chamadas e encontraram dois pinguins no mesmo local. "Os vagabundos toscos foram removidos do seu refúgio debaixo da carrinha de sushi pelo agente John Zhu", escreveram na página do Facebook. "Sem surpresa, esta não foi a primeira vez que a polícia recebeu relatos sobre as aves".

Mas não acabou aqui. Os pinguins persistentes regressaram ao local horas depois. Uma funcionária estava a arrumar a despensa quando ouviu um som perto do tanque de água, primeiro pensou tratar-se de um pombo, mas depois percebeu que se tratava de um pinguim. 

"Entrei em pânico. Não sabia o que fazer.", confessou. Conforme ligava às autoridades, os 'clientes' inesperados começaram a sair debaixo do local, então agarrou-os um por um e pô-los dentro do restaurante, dentro do congelador. As autoridades retiraram-nos do local, puseram-nos numa caixa de abrigo especial no porto a cerca de 200 metros da loja e estes não foram vistos desde então.

Os pinguins azuis, crescem uma média de 33 centímetros de altura e 43 centímetros em comprimento e começam a procurar por locais para fazer ninho em julho para porem ovos em agosto.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório