Meteorologia

  • 17 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Ministra Damares Alves nega ter pedido demissão a Bolsonaro

A revista Veja tenha avançado com a informação de que a polémica ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos teria pedido a demissão devido a cansaço. Damares confirma que tem recebido ameaças de morte.

Ministra Damares Alves nega ter pedido demissão a Bolsonaro

A ministra brasileira Damares Alves desmentiu a notícia avançada pela revista Veja na manhã desta sexta-feira de que teria pedido a demissão do governo ao presidente Jair Bolsonaro.

A responsável do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos respondeu às informações que circulavam na imprensa brasileira numa nota enviada para o jornal O Globo. “Informo que não pretendo sair do Governo”, declara a ministra Damares.

A Veja adiantava que o pedido demissão tinha sido justificado com o cansaço da ministra e o debilitado estado de saúde após quatro meses no cargo. A publicação referia ainda que Damares Alves estava a ser alvo de várias ameaças de morte.

A assessoria da ministra confirmou, no entanto, as ameaças de morte. Algo que terá obrigado Damares a deixar a sua casa em Brasília e mudar-se para um hotel, cuja morada não é conhecida por questões de segurança. Para além disso, o Gabinete de Segurança Institucional deu indicações à ministra para não adiantar a sua agenda, que é muito movimentada e marcada por várias viagens.

A ministra Damares Alves é uma pastora evangélica e advogada. Desde que assumiu o cargo de ministra tem dado nas vistas por afirmações polémicas. Chegou a dizer que “menino veste azul e menina veste rosa” ou que no casamento cristão a mulher deve ser “submissa” ao homem.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório