Meteorologia

  • 26 JUNHO 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 18º

Edição

Primeiro jaguar criado por inseminação artificial foi comido pela mãe

Cientistas mostram-se, apesar disso, satisfeitos com o sucesso da inseminação.

Primeiro jaguar criado por inseminação artificial foi comido pela mãe

O primeiro jaguar a nascer através de inseminação artificial foi comido pela própria mãe apenas dois dias após o seu nascimento.

O nascimento da cria, que aconteceu na organização Mata Ciliar, em São Paulo, no Brasil, estava a ser celebrada pelo grupo de cientistas que acreditavam que poderiam ter encontrado uma forma de fazer frente às espécies de animais que correm perigo de extinção.

Apesar da morte da cria, os cientistas não vêem o caso como um retrocesso até porque segundo os próprios indicam "é comum que isto aconteça, seja em cativeiro ou na natureza, especialmente no caso de animais carnívoros".

A cria nasceu a 16 de fevereiro deste ano, 104 dias depois da mãe, um jaguar com cinco anos, ter sido inseminada com sucesso.

Contudo, o grupo de cientistas só revelou esta segunda-feira o que se passou durante o seu estudo, uma vez que só agora deram por concluída a sua experiência.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório