Meteorologia

  • 19 FEVEREIRO 2020
Tempo
18º
MIN 7º MÁX 19º

Edição

"Temos de nos unir contra o ódio em todas as suas formas"

O ex-presidente dos Estados Unidos reagiu ao ataque terrorista na Nova Zelândia.

"Temos de nos unir contra o ódio em todas as suas formas"

Christchurch, na Nova Zelândia, foi palco esta sexta-feira de um ataque terrorista que teve como alvo a comunidade muçulmana local.

O ataque concertado a duas mesquitas fez pelo menos 49 mortos mas há ainda dezenas de feridos.

As autoridades locais detiveram quatro pessoas mas até ao momento só um homem foi acusado de homicídio. Trata-se de um australiano de 28 anos, supremacista branco, que transmitiu nas redes sociais em direto o massacre.

Barack Obama juntou-se às vozes que, por todo o mundo, têm condenado um ataque que teve a comunidade muçulmana como principal alvo.

No Twitter, o ex-presidente norte-americano enviou condolências em nome próprio e em nome da mulher, a ex-primeira-dama Michelle Obama. Deixou ainda palavras ao povo neo-zelandês e à comunidade muçulmana, lembrando ainda a importância da união.

"A Michelle e eu enviamos as nossas condolências ao povo da Nova Zelândia. Estamos de luto convosco e com toda a comunidade muçulmana. Temos de nos unir contra o ódio em todas as suas formas", escreveu.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório