Meteorologia

  • 19 MAIO 2019
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 22º

Edição

Jovens do Flamengo que morreram em incêndio tinham entre 14 e 16 anos

Os dez rapazes que morreram no incêndio que deflagrou na madrugada de hoje no centro de treinos do Flamengo, clube de futebol do Rio de Janeiro, tinham entre 14 e 16 anos e jogavam pelo clube brasileiro.

Jovens do Flamengo que morreram em incêndio tinham entre 14 e 16 anos
Notícias ao Minuto

22:57 - 08/02/19 por Lusa

Mundo Brasil

As vítimas foram identificadas ao longo do dia, confirmando-se que eram atletas do Flamengo, sendo que um deles, com 14 anos, encontrava-se na fase de testes para ingressar no clube.

O fogo atingiu o alojamento onde viviam os jovens atletas, que na sua maioria eram provenientes de outros estados brasileiros, no momento em que estes se encontravam a dormir.

O incêndio causou ainda três feridos, com idades entre os 14 e os 15 anos, sendo que um se encontra em estado grave, com 30% a 35% do corpo queimado, tendo já sido operado, de acordo com a plataforma de notícias G1.

Segundo dados revelados pela prefeitura do Rio de Janeiro, a área em que o Flamengo construiu o alojamento das suas categorias de formação e que acabou por ser destruído pelo fogo na manhã de hoje, tinha a permissão da prefeitura do Rio de Janeiro para funcionar apenas como estacionamento, conforme uma autorização concedida ao clube no ano passado.

Sabe-se ainda que o centro de treinos em causa não possuía certificado contra incêndios, informaram os bombeiros do Rio de Janeiro.

O centro de treinos Presidente George Helal, conhecido como Ninho do Urubu, é utilizado pela equipa de futebol profissional do Flamengo e pelos escalões de formação.

A estrutura desportiva em causa é considerada uma das mais modernas da América Latina e possui um módulo para a equipa profissional do Flamengo, dois campos de treino e um espaço específico para a preparação de guarda-redes, além da área de alojamento para atletas das camadas jovens, que foi atingida no incêndio.

O governo do Rio de Janeiro informou que vai decretar três dias de luto e a Federação de Futebol do estado do Rio de Janeiro também expressou solidariedade.

"A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro lamenta a tragédia ocorrida no CT [centro de treino] do Ninho do Urubu, solidariza-se com as famílias e com o Flamengo no momento de profunda dor", indicou a instituição, também na rede Twitter.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório